Café da manhã, Lanches, Sem glúten
comentários 28

Pão de mandioquinha

Apesar de ter cara de pão de queijo e levar alguns ingredientes típicos da receita mineira, como polvilho doce e azedo, esse pão de mandioquinha tem um sabor bem diferente. A textura lembra bastante pão de queijo, tem aquele puxa puxa característico. Mas o sabor e o cheiro é de mandioquinha, levemente adocicado, uma delícia!

É perfeito para o café da manhã ou lanchinho da tarde. Como tem um sabor suave, vai bem tanto com acompanhamentos doces, como geleia, goiabada, melado e creme de avelã com cacau. Quanto com acompanhamentos salgados, como cream cheese de castanha, queijo de castanha e ricota de amêndoas. Na última foto deste post, o pão de mandioquinha foi servido com requeijão de castanha, a receita dessa belezinha vou postar em breve aqui no blog 😉

Indico você consumir esses pãezinhos no mesmo dia do preparo, enquanto estão frescos e macios. Isso porque no dia seguinte já ficam mais secos e duros. Se esquentar um pouco no forno ou no micro-ondas voltam a ficar macios e úmidos, mas não do mesmo jeito quando saíram do forno.

Você vai precisar de…
Mandioquinha – 2 pequenas (250 g) – ver nota
Polvilho doce – 1 1/3 xícara (150 g)
Polvilho azedo – 2/3 xícara (100 g)
Azeite de oliva – 70 ml
Água – 40 ml
Sal – 1/2 colher de chá (3 g)

Como fazer…
1- Descasque a mandioquinha e corte em pedaços pequenos.
2- Transfira para um panela e cubra com água. Leve ao fogo médio e cozinhe até ficar macio.
3- Escorra a água e amasse bem com um garfo até obter um purê liso. Se você tiver um espremedor de batata pode usar para amassar.
4- Transfira para um recipiente grande e adicione os demais ingredientes. Comece misturando com uma colher até formar grumos, depois misture com as mãos esticando e sovando até obter um bola de massa lisa e homogênea.
5- Preaqueça o forno a 180 ºC.
6- Com as mãos, modele a massa em bolinhas do tamanho de ping pong. Disponha nas assadeiras, não precisa untar, deixando espaço entre cada uma para não grudar quando crescer.
7- Leve ao forno preaquecido por cerca de 30 minutos ou até ficarem dourados.
8- Retire do forno e sirva ainda quente.

Rendimento: 21 pãezinhos

Nota: A mandioquinha recebe outros nomes de acordo com a região do Brasil, como batata baroa ou batata salsa. Apesar dos nomes diferentes, todas são a mesma coisa: uma raiz amarelada rica em vitamina A.

Dica: Você pode incrementar o sabor com ervas secas a gosto, como manjericão, orégano, alecrim e tomilho. Ou aumentar o valor nutricional adicionando sementes de linhaça, gergelim ou chia.

Salvar

Salvar

Salvar

  1. Juliana says

    Preparei a receita conforme indicado, só acrescentei um pouco mais de azeite e polvilhei com orégano, ficou uma delícia. Textura macia e puxa-puxa igual um pãozinho de queijo. Como sou alérgica a leite e ovos vou acompanhar sempre o seu blog.

    • André says

      Oi Juliana! Nossa deve ter ficado gostoso com orégano. Fico feliz em saber que tenha gostado da receita e do blog 😀 Abraços!

  2. Carolina says

    Oi! Fiz a receita ontem, seguindo todos os passos e o tanto de ingredientes e ficou horrível! Duro demais, sem gosto nenhum… acabei jogando fora. Sou vegana há pouco tempo e fiquei muito feliz por descobrir esse blog porém estou repensando após isso ter acontecido, odeio ter que jogar comida fora mas estava realmente intragável.

    • André says

      Oi Carolina! Nossa que pena 🙁 Não sei o que pode ter acontecido. Já fiz duas vezes essa receita e nunca deu errado. Alguns leitores já fizeram e deu certo também, muitos adoraram, até vieram falar comigo que gostaram um monte. Não sei o que pode ter acontecido mesmo. Abraços!

      • Carolina says

        André, tentei fazer novamente a receita mas aí adicionei uma colher de fermento em pó e usei batata doce no lugar… ficou uma delícia! Vou tentar outras receitas do blog e presentear uma amiga com seu livro. Espero que as próximas receitas funcionem sem precisar colocar ingredientes a mais… de qualquer maneira, adoro a proposta que seu blog proporciona. Obrigada pela resposta!

        • André says

          Oi Carolina! Que bom que deu certo com batata doce, já fiz também com ela e ficou bom. Mas não precisa de fermento em pó para fazer esses pãezinhos que levam polvilho. Uau! Espero que sua amiga goste do livro 😉 De nada querida. Abraços!

  3. Caroline Moraes says

    Parabéns pelo site, sempre que dá faço uma receita daqui pq o sucesso e garantido! Agora essa é de longe minha queridinha haha

    • André says

      Oi Caroline! Obrigado! Fico feliz em saber que você gostado do blog e das receitas 😀 É muito bom esse pão de mandioquinha né? Abraços!

  4. Ariane says

    Bom dia André, a quantidade de mandioquinha amassada em xícara seria de quanto? Aguardo, grata.

    • André says

      Oi Ariane! Vish, pior que não cheguei a medir a quantidade amassada. Não sei te dizer ao certo, desculpa 🙁

  5. JoW Lee says

    Tô fazendo agora mesmo. Separei duas fornadas: uma pra congelar e a outra que tá no forno agora. Mal posso esperar.

    • André says

      Oi Jow! Nossa que delícia! Espero que você goste da receita 😉 Abraços!

  6. christ says

    oi, nas mistura de farinhas, na hora de fazer pao posso usar essa mistura e acrescentar a xantana.

    • André says

      Oi Christ! Eu nunca tentei utilizar goma xantana nessa receita porque não há necessidade. A massa já tem uma boa liga e umidade. Se tentar adicionar me avisa como ficou 😉 Abraços!

  7. Lorena says

    Olá André!

    Parabéns pelo blog! Gostaria de saber se é possível congelar as bolinhas que sobrarem ou se isso interfere na massa. Obrigada 🙂

    • André says

      Oi Lorena! Obrigado! Eu nunca cheguei a congelar, mas algumas leitoras já congelaram e me falaram que deu super certo depois. Elas congelaram antes de assar. De nada e abraços!

  8. Stefanie says

    Amei!! Parecem liiiindos. Senti até o cheiro!
    Aproveito para parabenizá-lo pelo blog. Amei as dicas e as demais receitas. Louca para comprar seu livro também!!
    Continue firme e obrigada por proporcionar esse “arzinho” vegan nas nossas vidas <3
    Grande beijo!

    • André says

      Oi Stefanie! Que bom que você gostou 😀 Obrigado! Fico feliz em saber que esteja gostando do blog. Espero que goste do livro também 😉 Pode deixar, vou continuar postando por aqui hehehe. Abraços!

  9. Elaine says

    Nossa, que receita legal. Achei fácil e interessante, vou testar ela no final de semana. Obrigada!

    • André says

      Oi Jessica! Nunca tentei fazer com mandioca, então não sei te dizer ao certo. Se fizer me avisa como ficou 😉 Abraços!

  10. Mábia says

    Olá, adoro as receitas do seu site, fiz esta receita e todos adoramos, até congelei as bolinhas para assar depois e deu super certo. Gratidão!

    • André says

      Oi Mábia! Fico feliz em saber que tenha gostado do site e da receita 😀 Bom saber que dá certo congelar e assar depois, obrigado pela informação 😉 Abraços!

  11. Gostei da receita, vou testar!
    Sabes me dizer se posso usar na totalidade o polvilho azedo? Alteraria muito o sabor? :*

    • André says

      Oi Rosana! Sim, você pode usar na totalidade dos polvilhos o azedo, nesse caso os pãezinhos vão ficar mais aerados e leves, vão crescer mais. O sabor não muda muito. Abraços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *