Café da manhã, Lanches, Sem glúten
comentários 42

Pão de mandioquinha

Apesar de ter cara de pão de queijo e levar alguns ingredientes típicos da receita mineira, como polvilho doce e azedo, esse pão de mandioquinha tem um sabor bem diferente. A textura lembra bastante pão de queijo, tem aquele puxa puxa característico. Mas o sabor e o cheiro é de mandioquinha, levemente adocicado, uma delícia!

É perfeito para o café da manhã ou lanchinho da tarde. Como tem um sabor suave, vai bem tanto com acompanhamentos doces, como geleia, goiabada, melado e creme de avelã com cacau. Quanto com acompanhamentos salgados, como cream cheese de castanha, queijo de castanha e ricota de amêndoas. Na última foto deste post, o pão de mandioquinha foi servido com requeijão de castanha, a receita dessa belezinha vou postar em breve aqui no blog 😉

Indico você consumir esses pãezinhos no mesmo dia do preparo, enquanto estão frescos e macios. Isso porque no dia seguinte já ficam mais secos e duros. Se esquentar um pouco no forno ou no micro-ondas voltam a ficar macios e úmidos, mas não do mesmo jeito quando saíram do forno.

Você vai precisar de…
Mandioquinha – 2 pequenas (250 g) – ver nota
Polvilho doce – 1 1/3 xícara (150 g)
Polvilho azedo – 2/3 xícara (100 g)
Azeite de oliva – 70 ml
Água – 40 ml
Sal – 1/2 colher de chá (3 g)

Como fazer…
1- Descasque a mandioquinha e corte em pedaços pequenos.
2- Transfira para um panela e cubra com água. Leve ao fogo médio e cozinhe até ficar macio.
3- Escorra a água e amasse bem com um garfo até obter um purê liso. Se você tiver um espremedor de batata pode usar para amassar.
4- Transfira para um recipiente grande e adicione os demais ingredientes. Comece misturando com uma colher até formar grumos, depois misture com as mãos esticando e sovando até obter um bola de massa lisa e homogênea.
5- Preaqueça o forno a 180 ºC.
6- Com as mãos, modele a massa em bolinhas do tamanho de ping pong. Disponha nas assadeiras, não precisa untar, deixando espaço entre cada uma para não grudar quando crescer.
7- Leve ao forno preaquecido por cerca de 30 minutos ou até ficarem dourados.
8- Retire do forno e sirva ainda quente.

Rendimento: 21 pãezinhos

Nota: A mandioquinha recebe outros nomes de acordo com a região do Brasil, como batata baroa ou batata salsa. Apesar dos nomes diferentes, todas são a mesma coisa: uma raiz amarelada rica em vitamina A.

Dica: Você pode incrementar o sabor com ervas secas a gosto, como manjericão, orégano, alecrim e tomilho. Ou aumentar o valor nutricional adicionando sementes de linhaça, gergelim ou chia.

Salvar

Salvar

Salvar

  1. Oi André, qual a diferença (em termos de textura) da sua outra receita de pão de “queijo” aqui do blog?
    Qual a função de cada polvilho (doce e o azedo)?
    Vi que na outra receita vc só usou o polvilho azedo…
    Obrigada, amo seu blog!

    • André says

      Oi Joelma! O pão de mandioquinha fica um pouco mais denso e pesado do que o o pão de “queijo”. O polvilho azedo faz com que o pão expanda, deixando ele leve e aerado. Por isso que uso em ambas receitas. Já o polvilho doce deixa ele mais uniforme e denso. Ao usar os dois o pão fica com características intermediárias, como essa receita. Já o pão de “queijo” fica mais leve. De nada, fico feliz em saber que você gosta do blog 😀 Abraços!

  2. Luciana says

    Que receita incrivelmente maravilhosa e simples! Alimento gostoso, leve, saudável e que sacia nossa vontade de comer. Vou experimentar mesmo! Parabéns pelo carinho e sucesso de suas receitas! Encantada cada dia mais com seu blog!👏👏👏

    • André says

      Oi Luciana! Fico feliz em saber que tenha gostado da receita 😀 Que bom que você está gostando do blog. Abraços!

  3. Karol says

    Oi André!
    Conheci o seu site por acaso ontem, estava em buscas de receitas com shimeji, comprei 1kg!!
    Vi esse pão de queijo e sai correndo em busca da ‘batata baroa”!
    Fiz a receita de hamburquer de shimeji e o pao de queijo, fui muito feliz!!! Eu amei pq vc coloca a quantidade em gramas, isso facilita muitooooo. Cada um tem um conceito de grande e pequeno né??!!!
    Uma DUVIDA nesse pão de queijo vc assa com a opção DOURAR ligada ou não?
    O melhor de tudo foi o meu sobrinho de 6 anos que tem gastura alimentar com uma alimentação muito pobre de legumes achou delicioso, comeu, levou para a escola e me agradeceu mil vezes!!!
    Desculpa o testamento! Eu fiquei muito feliz pelas suas receitas e blog. Estou muito empolgada!
    Muita luz na sua vida!!! BJS

    • André says

      Oi Karol! Nossa, 1kg de shimeji!!! Você tá realizando meu sonho hahahaha. Que bom que você gostou da descrição em gramas dos ingredientes. Bem isso, como são ingredientes naturais os tamanhos e pesos variam muito, o que afeta diretamente o resultado da receita. Eu asso esse pãozinho na opção assar mesmo. Nossa que fofo, fico feliz que ele gostou 😀 Tudo bem querida, eu que fiquei muito feliz com seu comentário 😀 Obrigado e abraços!

  4. Alice Zaniquéli says

    Olá André! Primeiramente queria parabenizar pelo blog. Bem eu fiz essa receita semana passada e todo mundo adorou. Ele ficou com semelhante ao biscoito de polvilho que fazemos em casa. Mas essa versão é incrível por que não vai ovo. Como estou em transição para veganismo suas receitas estão me ajudando muito.
    Muito obrigada pela ajuda^^
    Haa já estou preparando outros hoje!
    Um abraço

  5. Aline says

    Olá, eu amo queijo, será que dá certo se acrescentar queijo na massa? Obrigada

    • André says

      Oi Aline! Eu nunca tentei acrescentar queijo na massa, então não sei te dizer ao certo. Mas acredito que dá certo sim, só não sei a quantidade pra te dizer. De nada e abraços!

  6. Karen says

    Olá André! Estou em transição para uma dieta mais natural e ainda não fiz nenhuma receita do seu blog, mas estou amando todas elas! Quero começar com essa!
    Pode congelar as bolinhas e assar depois?

    • André says

      Oi Karen! Fico feliz em saber que esteja gostando das receitas do blog 😀 Eu nunca tentei congelar, mas alguns leitores já fizeram isso e deu super certo. Espero que goste 😉 Abraços!

  7. Ingred says

    Eu fiz a receita, mas, substitui a Baroa (como é chamada aqui na minha cidade) por mandioca!
    Na verdade quando vi a receita eu imaginei que era mandioca, e só quando fui ler o modo de preparo que vi que era baroa, aí já havia comprado a mandioca e resolvi arriscar!
    Ficou uma delícia!
    Super aprovado!!!

    Obs: vou comprar a baroa para fazer a receita correta!

    • André says

      Oi Ingred! Que bom que você gostou e deu certo com mandioca 😀 Bom saber que dá pra fazer com mandioca também, obrigado pela dica 😉 Com a baroa fica incrível! Abraços!

  8. Juliana says

    Preparei a receita conforme indicado, só acrescentei um pouco mais de azeite e polvilhei com orégano, ficou uma delícia. Textura macia e puxa-puxa igual um pãozinho de queijo. Como sou alérgica a leite e ovos vou acompanhar sempre o seu blog.

    • André says

      Oi Juliana! Nossa deve ter ficado gostoso com orégano. Fico feliz em saber que tenha gostado da receita e do blog 😀 Abraços!

  9. Carolina says

    Oi! Fiz a receita ontem, seguindo todos os passos e o tanto de ingredientes e ficou horrível! Duro demais, sem gosto nenhum… acabei jogando fora. Sou vegana há pouco tempo e fiquei muito feliz por descobrir esse blog porém estou repensando após isso ter acontecido, odeio ter que jogar comida fora mas estava realmente intragável.

    • André says

      Oi Carolina! Nossa que pena 🙁 Não sei o que pode ter acontecido. Já fiz duas vezes essa receita e nunca deu errado. Alguns leitores já fizeram e deu certo também, muitos adoraram, até vieram falar comigo que gostaram um monte. Não sei o que pode ter acontecido mesmo. Abraços!

      • Carolina says

        André, tentei fazer novamente a receita mas aí adicionei uma colher de fermento em pó e usei batata doce no lugar… ficou uma delícia! Vou tentar outras receitas do blog e presentear uma amiga com seu livro. Espero que as próximas receitas funcionem sem precisar colocar ingredientes a mais… de qualquer maneira, adoro a proposta que seu blog proporciona. Obrigada pela resposta!

        • André says

          Oi Carolina! Que bom que deu certo com batata doce, já fiz também com ela e ficou bom. Mas não precisa de fermento em pó para fazer esses pãezinhos que levam polvilho. Uau! Espero que sua amiga goste do livro 😉 De nada querida. Abraços!

  10. Caroline Moraes says

    Parabéns pelo site, sempre que dá faço uma receita daqui pq o sucesso e garantido! Agora essa é de longe minha queridinha haha

    • André says

      Oi Caroline! Obrigado! Fico feliz em saber que você gostado do blog e das receitas 😀 É muito bom esse pão de mandioquinha né? Abraços!

  11. Ariane says

    Bom dia André, a quantidade de mandioquinha amassada em xícara seria de quanto? Aguardo, grata.

    • André says

      Oi Ariane! Vish, pior que não cheguei a medir a quantidade amassada. Não sei te dizer ao certo, desculpa 🙁

  12. JoW Lee says

    Tô fazendo agora mesmo. Separei duas fornadas: uma pra congelar e a outra que tá no forno agora. Mal posso esperar.

    • André says

      Oi Jow! Nossa que delícia! Espero que você goste da receita 😉 Abraços!

  13. christ says

    oi, nas mistura de farinhas, na hora de fazer pao posso usar essa mistura e acrescentar a xantana.

    • André says

      Oi Christ! Eu nunca tentei utilizar goma xantana nessa receita porque não há necessidade. A massa já tem uma boa liga e umidade. Se tentar adicionar me avisa como ficou 😉 Abraços!

  14. Lorena says

    Olá André!

    Parabéns pelo blog! Gostaria de saber se é possível congelar as bolinhas que sobrarem ou se isso interfere na massa. Obrigada 🙂

    • André says

      Oi Lorena! Obrigado! Eu nunca cheguei a congelar, mas algumas leitoras já congelaram e me falaram que deu super certo depois. Elas congelaram antes de assar. De nada e abraços!

  15. Stefanie says

    Amei!! Parecem liiiindos. Senti até o cheiro!
    Aproveito para parabenizá-lo pelo blog. Amei as dicas e as demais receitas. Louca para comprar seu livro também!!
    Continue firme e obrigada por proporcionar esse “arzinho” vegan nas nossas vidas <3
    Grande beijo!

    • André says

      Oi Stefanie! Que bom que você gostou 😀 Obrigado! Fico feliz em saber que esteja gostando do blog. Espero que goste do livro também 😉 Pode deixar, vou continuar postando por aqui hehehe. Abraços!

  16. Elaine says

    Nossa, que receita legal. Achei fácil e interessante, vou testar ela no final de semana. Obrigada!

    • André says

      Oi Jessica! Nunca tentei fazer com mandioca, então não sei te dizer ao certo. Se fizer me avisa como ficou 😉 Abraços!

  17. Mábia says

    Olá, adoro as receitas do seu site, fiz esta receita e todos adoramos, até congelei as bolinhas para assar depois e deu super certo. Gratidão!

    • André says

      Oi Mábia! Fico feliz em saber que tenha gostado do site e da receita 😀 Bom saber que dá certo congelar e assar depois, obrigado pela informação 😉 Abraços!

  18. Gostei da receita, vou testar!
    Sabes me dizer se posso usar na totalidade o polvilho azedo? Alteraria muito o sabor? :*

    • André says

      Oi Rosana! Sim, você pode usar na totalidade dos polvilhos o azedo, nesse caso os pãezinhos vão ficar mais aerados e leves, vão crescer mais. O sabor não muda muito. Abraços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *