Destaque inicial, Entradas e acompanhamentos, Receitas
comentários 2

Antepasto de coração de bananeira

Descobri que o coração de bananeira é comestível ano passado, quando eu perambulava pela feira Sabor Nacional no Museu da Casa Brasileira aqui em São Paulo. Sua presença é comum na culinária do interior de Minas Gerais, onde é conhecido como umbigo de banana, sendo usado como recheio de pastéis, empadas, tortas, quiches e até conservas.

O coração de bananeira é um pendão comestível que fica na ponta do cacho de banana. O seu miolo, de cor clara e amarelada, tem textura muito parecida com palmito. Quando cru apresenta um sabor ligeiramente amargo, por este motivo é cozido na água com bicarbonato de sódio para eliminar o amargor. Depois disso fica com um sabor neutro, perfeito para absorver o sabor dos temperos que você quiser.

Esse é daqueles ingredientes que você não vai achar em supermercados ou em feiras livres, só em quintais ou até mesmo espalhados pela cidade nas bananeiras. Eu consegui estes com meus pais, que trouxeram do quintal dos meus avós. Se você conhece produtores locais é bem provável que consiga com eles. Essa parte da bananeira geralmente é descartada na produção, uma pena, porque sua utilização pode ser bem versátil e saborosa.

De acordo com a sabedoria mineira, todos os corações de bananeira são comestíveis, porém os de banana-prata são menos amargo. Além disso, ele deve ser extraído do cacho enquanto as bananas estão verdes, pois quando amadurecem o coração fica mais duro. (Fonte: Neide Rigo)

A receita que fiz foi um antepasto bem simples. Afinal de contas foi meu primeiro contato com esse ingrediente, não quis arriscar muito. Ele é perfeito para servir com pães, torradas, biscoitos, bijus e tapioca.

Depois de ficar cozinhando e escorrendo a água para tirar o amargor, devo admitir que essa parte é chatinha, misturei ele com um refogado de cebola, tomate e pimentão, temperado com sal, pimenta do reino e manjericão. Simples e saboroso! Você pode muito bem adaptar os ingredientes de acordo com seu paladar e com o que tiver disponível em casa. Só não deixe de experimentar essa iguaria 😉

Você vai precisar…

para preparar o coração de bananeira:
Coração de bananeira ou umbigo de banana – 3 médios (3 quilos)
Água – o suficiente para cobrir os pedaços
Limão – 1 médio
Bicarbonato de sódio – 2 colheres de chá

para fazer o antepasto:
Tomate – 2 médios (250 g)
Cebola – 1 grande (180 g)
Pimentão – 1 médio (130 g)
Azeite de oliva – 1/4 xícara (60 ml)
Sal – 2 colher de chá (10 g)
Manjericão fresco – a gosto (opcional)
Pimenta do reino moída – a gosto (opcional)

Como preparar o coração de bananeira:
1- Em um recipiente grande misture 2 litros de água com suco de limão.
2- Desfolhe o coração descartando as folhas e os floretes até chegar na parte mais clara, o miolo.
3- Corte em rodelas e coloque de molho na água com limão imediatamente para não escurecer. Deixe de molho por cerca de 5 minutos.
4- Escorra e descarte a água com uma peneira.
5- Transfira os pedaços para uma panela grande e cubra com água. Adicione 1 colher de chá de bicarbonato de sódio e leve ao fogo médio. Cozinhe por cerca de 5 minutos a partir do momento que levantar fervura.
6- Escorra a água e lave os pedaços em água corrente. Volte para a panela e repita a etapa 5.
7- Escorra a água e lave os pedaços em água corrente de novo. Experimente e repita a etapa 5 se ainda estiver amargo. No meu caso precisei cozinhar o coração só duas vezes.

Como fazer o antepasto…
1- Descasque a cebola e corte em cubinhos.
2- Aqueça o azeite em uma panela grande e refogue a cebola até murchar.
3- Corte o tomate em cubinhos e o pimentão em tiras. Acrescente ao refogado e misture bem.
4- Adicione o sal e a pimenta do reino. Tampe a panela e refogue até murchar os ingredientes.
5- Acrescente o coração de bananeira escorrido e misture. Cozinhe até a maior parte do líquido evaporar.
6- Desligue o fogo e finalize com manjericão, sirva ainda quente. Armazene em um recipiente com tampa na geladeira por até 3 dias.

Rendimento: cerca de 4 xícaras

  1. Helenice says

    Olá,
    No quintal da minha tia tem muitos pés de banana e eu sempre colho elas ainda verdes. Faço biomassa com o miolo e com as cascas, desfio com um garfo após cozidas e faço uma espécie de “carne louca”.
    Esse desfiado vai bem como recheio em pasteis, panqueca, pra fazer escondidinho, patês, como complemento em arroz de forno.
    Assim como o coração, o sabor da casca é neutro e absorve bem os temperos.
    Espero que tenhas a oportunidade de provar esta maravilha também.
    Certeza que vais gostar.
    Abraço.
    Helen

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *