Entradas e acompanhamentos, Lanches, Receitas
comentários 69

Pastel de palmito (assado)

Salgado ou doce, frito ou assado, tradicional ou integral, o pastel é uma daquelas maravilhas que todo mundo ama. Quem não resiste né? Ainda mais se for feito na hora, fresquinho. Como muitos sabem, a receita tradicional, cuja massa é feita com farinha de trigo branca e frito por imersão não é nem um pouco saudável.

Por este motivo faço em casa uma versão alternativa, mais natural e saudável. Pastel semi-integral, assado e vegano! Semi-integral porque na massa utilizo metade de farinha de trigo branca e a outra de trigo integral, para ficar mais leve e menos seca e quebradiça. Para dar uma incrementada utilizei um pouco de chia, mas é meramente opcional, você pode substituir por sementes de linhaça ou gergelim se preferir.

Ingredientes da massa

Para o recheio utilizei palmito comprado em conserva. Não gosto muito de comprar alimentos em conservas porque eles tem muito sódio, ficam mais ácidos e perdem muito o sabor. Mas como nesse fim de mundo onde eu moro é impossível encontrar palmito fresco para comprar, tenho que me contentar com as conservas. Eu não utilizei sal para temperar o recheio porque o palmito já vem bem salgado. Se você tiver a oportunidade de usar palmito fresco, saiba que estou morrendo de inveja hahaha.

Ingredientes do recheio

Para temperar o recheio usei um pouco de orégano e cebola. Mas fique a vontade para temperar do jeito que preferir. Um ingrediente que faz toda a diferença no recheio, porém é opcional, é o polvilho doce ou fécula de batata. Utilizei apenas uma colher de sopa, mas a diferença é grande. Ele não altera o sabor, mas deixa o recheio mais úmido e cremoso. Fica uma delícia! Sugiro você utilizar.

Recheio e massa

Pastéis antes de assarem

Vou ser bem sincero, demora um bocado para fazer essa iguaria, isso porque tem várias etapas de preparo. Preparar a massa, abrir, cortar, preparar o recheio, rechear, fechar e assar por 30 minutos. Não é difícil, porém é um pouco demorado por ter várias etapas. Mas no final vale muito a pena 😉

Pastéis

Pastel

Pastel por dentro

Você vai precisar…

para a massa:
1 xíc. de farinha de trigo integral
1 xíc. de farinha de trigo branca
1/2 xíc. de água
1/3 xíc. de óleo vegetal
1 colher de sopa de chia (opcional)
1 colher de chá de sal

para o recheio:
2 xíc. e 1/2 de palmito picado (usei 1 vidro e 1/2 de conserva)
1 cebola grande picada em cubinhos
3 colheres de sopa de óleo vegetal
1 colher de sopa de polvilho doce ou fécula de batata (opcional)
1 colher de chá de orégano (ou outro tempero que preferir)

Como fazer…
1- Em um recipiente grande misture as farinhas, a chia e o sal.
2- Adicione o óleo vegetal e a água. Misture até formar uma bola de massa homogênea e que desgrude na mão.
3- Transfira para uma superfície lisa e enfarinhada. Abra a massa com um rolo de macarrão ou garrafa de vidro.
4- Corte em forma de discos do tamanho que preferir, usei um prato de sobremesa para servir de molde, no meu caso rendeu 6 pastéis. Reserve a massa.
5-  Em uma panela aqueça o óleo e refogue a cebola até dourar.
6- Adicione o palmito e o orégano. Misture até ficar homogêneo.
7- Dilua o polvilho doce ou fécula de batata com um pouco de água e acrescente ao recheio. Misture bem e desligue o fogo. Esta etapa é opcional, ela serve para deixar o recheio mais úmido e cremoso.
8- Recheie a massa com o refogado de palmito e feche pressionando a borda com um garfo. Cuidado para não colocar muito recheio, caso contrário a massa poderá quebrar.
9- Transfira os pastéis para uma fôrma untada com óleo e leve ao forno preaquecido a 200ºC por cerca de 30 minutos, ou até que as bordas ficarem douradas.

bom apetite

  1. Angela Silva de Marins says

    Oh André faz uma versão vegana sem gluten por favor.

    • André says

      Oi Angela! Boa, não tinha pensado em fazer uma versão sem glúten. Assim que conseguir fazer publico aqui no blog 😉 Abraços!

  2. Mariana says

    Oi André! Passando só pra dizer que essa foi a melhor receita de pastel assado que eu já fiz! Fiz com recheio de brócolis, ervilhas e tofupiry. Maravilhoso! Muito obrigada =)

    • André says

      Oi Mariana! Uau, fico feliz em saber que tenha gostado da receita. Nossa, deve ter ficado incrível mesmo com esse recheio. De nada e abraços!

  3. Gabi says

    Gostei do seu blog! vou fazer a receita do pastel hoje! Muito obrigada!

    • André says

      Oi Gabi! Que bom que você gostou do blog 😀 Espero que goste da receita. De nada e abraços!

  4. Oi querido, adorei as tuas receitas, eu vivo na Italia e estava procurando uma receita de pastel e apareceu a tua.
    eu quero fazer um monte das tuas receitas são todas maravilhosas.
    eu sou vegana.
    queria te perguntar : todas as receitas dizem pra deixar a maçado pastel descansar, e tu faz direto!!! a massa fica macia também?? porque meus pasteis ficam tipo biscoito quando faço no forno.
    eu aqui uso sò farinha de farro e de arroz,(são muito mais leves) vou ver se vai ficar bom também.
    aqui palmito è uma coisa difícil de achar, mas tem outra boas opções.
    un bacio e grazie pela receita.

    • André says

      Oi Ceres! Fico feliz em saber que gosta das minhas receitas 😀 Como eles são assados, é normal ficar mais crocante nas bordas e sequinho, lembrando um pouco biscoito. Mas se tiver muito parecido é uma boa você deixar a massa descansar um pouco por causa do glúten que foi ativado. Imagino que palmito seja difícil de achar por aí, mas tenho certeza que tem outros bons ingredientes regionais para usar como recheio. De nada e abraços!

  5. Tainah says

    Não vivo mais sem esses pasteis, já fiz varias vezes e congelo para ter na semana. Com diversos recheios: palmito, antepasto de berinjela, ricota com espinafre, abobora assada com espinafre… todos deliciosos. Adoro seu blog. Obrigada pelas receitas.

    • André says

      Oi Tainah! É muito bom né!? Que delícia esses recheios, o de abóbora com espinafre deve ficar incrível. Vou tentar na próxima vez, obrigado pela dica 😉 Fico feliz em saber que goste do blog 😀 Abraços!

  6. Já fiz duas vezes! Simplesmente delicioso! Na segunda vez, fiz com recheio de berinjela mas com palmito fica melhor! haha Adorando todas as receitas =)

    • André says

      Oi Marina! Que bom que você gostou da receita 😀 Nossa, deve ficar ótimo também com berinjela. Abraços!

  7. karla cristhiane vieira nakau says

    Descobri hoje o teu blog através do pinterest e estou adoraaando!! Uma receita melhor do que a outra. Suas fotos são maravilhosas! Continue assim. Beijocas
    Karla

    • André says

      Oi Karla! Fico muito feliz em saber que esteja gostando do blog 😀 Abraços!

  8. Eu fiz e ficou mais que perfeita! Só coloquei uma pitadinha de fermento branco. E o recheio também ficou maravilhoso! Suas receitas são ótimas, eu testo e elas sempre funcionam! Obrigada!

    • André says

      Oi Paulla! Fico feliz em saber que tenha gostado da receita, fica muito bom né. Sempre faço essa massa e vario o recheio. De nada e abraços!

  9. Gabriele says

    Fiz essa massa de pastel e não gostei! Ficou bem mole e acabei colocando mais farinha, mesmo assim continuou mole e com cara de muito óleo (coloquei 1/3 xícara igual na receita), ficou super mole mesmo assim e depois de assado não fica crocante, nem normal, fica estranho. Não gostei 🙁

    • André says

      Oi Gabriele! Sério que não deu certo? Poxa, que pena 🙁 Eu fiz várias vezes essa receita e sempre deu certo, que estranho. Difícil dizer o que tenha saído errado.

  10. Aline Lara says

    Oi André, adorei a receita!
    mas não uso farinha branca, e não queria colocar só integral para não ficar seca, como você disse. Sera que da para usar metade integral e metade farinha de aveia, ou polvilho?
    obg,

    • André says

      Oi Aline! Que bom que você gostou da receita 😀 Entendi, eu indicaria você usar 1 1/3 xícara de farinha de trigo integral e 2/3 xícara de farinha de aveia, polvilho eu não indicaria. Se usar metade de trigo integral e metade de aveia pode ficar muito quebradiça a massa, por isso é melhor usar um pouco mais de farinha de trigo. De nada e abraços!

  11. Cecília says

    Esse pastelzinho com caponata de berinjela deve ficar incrível também!

    • André says

      Nossa, deve ficar uma delícia também Cecília. Boa ideia! Abraços!

  12. Bruno Ferreira says

    Não precisa untar a forma para levar ao forno?? E quantas porções rende essa quantidade que você fez??

    • André says

      Oi Bruno! Se você usar uma fôrma antiaderente não precisa, caso contrário indico você untar com um pouco de óleo. Essa receita rendeu 6 pastéis, tem uma foto no post com todos eles, mas isso depende muito do tamanho dos pastéis que você fizer. Abraços!

  13. Bruno says

    Posso substituir a farinha branca por alguma outra farinha mais saudável? Quero cortar por completo a farinha branca!

    • André says

      Oi Bruno! Você pode substituir pela farinha trigo integral mesmo. Ao invés de metade integral e metade branca, usa só integral. A massa vai ficar um pouco mais pesada, mas vai ficar mais saudável. Abraços!

  14. Dilmar Ribeiro says

    Oi Andre, bom dia, nossa fiquei com vontade de fazer, mas parece que da tanto trabaaaaalho, rs mas é assim mesmo, há sempre dificuldades para entrar no mundo vegano/vegetariano devido as dificuldades que encontramos para conseguir alguns ingredientes, dependendo do local onde se mora, claro. Andre tenho uma dúvida, quando você colocou para assar no refratário você untou com alguma coisa? Algum fio de azeite ou óleo.. manteiga… ou foi sem nada mesmo?

    • André says

      Oi Dilmar! Não é tão trabalhoso assim fazer o pastel, claro que necessita de um pouco de tempo e vontade pra fazer. E também não vejo muitas dificuldades para entrar no mundo vegano, não importando em que local você mora. É claro que tem regiões que existem mais opções de ingredientes veganos e outros não. Eu untei a fôrma com óleo, o mesmo que usei na massa, mas foi bem pouco. Abraços!

  15. Arlézia de Souza says

    Olá! Fiz recheados com brócolis. Ficaram deliciosos!!! 😊

    • André says

      Oi Arlézia! Boa ideia rechear com brócolis, fiquei com vontade de comer agora hahaha. Abraços!

  16. Flaviane Pereira says

    Oi André boa noite, fiz agora a noite, muito fácil fiz com recheio de frango. Eu adorei, mas a massa ficou crocante, é isso mesmo ou fiz algo de errado?

    • André says

      Oi Flaviane! Sim, a massa fica um pouco crocante mesmo porque é assada. Ela é parecida com massa de calzone e empanadas. Abraços!

    • André says

      Oi Dri! Que bom que você gostou da receita 😀 Sim, o óleo de canola não é uma boa escolha. Na época que fiz e escrevi essa receita eu usava ele, mas depois descobri que não é bom, ai mudei pra óleo de girassol, azeite de oliva e óleo de coco para receitas doces. Obrigado pela dica 😉 Abraços!

    • André says

      Oi Silvanir! Você pode substituir pela mesma quantidade de farinha de trigo branca. Abraços!

  17. Gisele Barbosa says

    Bom dia ,
    Essa receita leva água morna? porque no preparo leva e nos ingredientes não leva. Então fiquei na dúvida.

    • André says

      Oi Gisele! Sim, leva água – 1/2 xícara – não tinha colocado na lista de ingredientes, só em como fazer, mas já atualizei 😉 Obrigado querida. Abraços!

  18. Bianca Cheng says

    André, fiz essa receita para receber uma prima em casa, ela comeu dois e gostou tanto que ainda levou para casa três! Agora estou fazendo mais para ela e para minha família. =) Você teria alguma dica de outros recheios? Obrigada!!!

  19. Lidia says

    Acabei de fazer a receita.
    Vamos aguardar o resultado.
    Achei prática .

    • André says

      Oi Patricia! Essa receita não leva nenhum desses dois ingredientes.

  20. Esther Papa says

    Oi André, fiz a sua receita de pastel integral. Ficou ótimo. Só mudei o recheio por se tratar de criança de pouca idade. Não sobrou nada. A próxima será de palmito. Abraços.

    • André says

      Oi Esther! Que bom que você gostou da receita. É uma delícia de palmito, espero que goste 😉 Abraços!

  21. Esther Papa says

    Como congelar esses pasteis ( 80 ou 90 pequenos) durante a semana aos poucos e depois servir na festinha do neto. Gostei muito da sua receita. Obrigada.

    • André says

      Oi Esther! Que bom que você gostou da receita 😀 Você pode embrulhar os pastéis com filme de PVC ou guardar em potes bem fechados. Ai é só descongelar e assar depois. De nada, abraços!

      • Esther Papa says

        OK André, seguirei o seu conselho e depois lhe digo o resultado. Abraços

    • André says

      Que bom que você gostou Vanessa! Tem no blog o link do Facebook e Instagram para seguir querida 😉 Abraços!

  22. Débora Sena says

    Estava procurando uma receita de salgado integral, vi suas fotos e meu deu água na boca………..vou fazer hj mesmo..obrigada , bjs

  23. Margarida feerreira says

    Eu fiz ontem e ficou uma delicia, a mesma receita na forma de empada ficou shou obrigadaAndre

  24. Patrícia Santos says

    Sera q posso substituir a farinha branca pela de arroz??? Obrigada

    • Oi Patrícia! Infelizmente não é possível trocar a farinha de trigo pela de arroz, a massa irá ficar bem quebradiça, será difícil de fechar o pastel. De nada!

  25. Nicole Fobe says

    André, suas fotos são sempre lindas, mas as desta receita ficaram sensacionais! Parabéns pelo blog, pela iniciativa e pelo talento!

  26. Valéria Hong says

    André, que pastel delicioso! Vi a receita ontem e tive de fazer no mesmo dia, só mudei o recheio, fiz com jaca verde e foi sucesso em casa.

    • Oi Valéria! Que bom que você gostou do pastel. Deve ter ficado muito bom com jaca verde. Pra falar a verdade nunca comi carne de jaca, mas quero muito experimentar, o difícil é encontrar a jaca 😛 Abraços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *