Todos os posts com a tag: vegano

Mitos da alimentação vegana: proteínas

Além da questão ambiental, uma alimentação sem carne e derivados, promove mais saúde, pois sua base são ingredientes mais saudáveis e nutritivos. Mesmo assim, a alimentação vegana ainda gera dúvidas ou inseguranças para algumas pessoas. Pensando nisso, a partir de hoje a nutricionista Caroline Scherner vai esclarecer partes destas dúvidas através de uma coluna mensal aqui no blog, oferecendo mais conteúdo informativo sobre o veganismo do ponto de vista nutricional.

Como fazer massa de panqueca (com opção sem glúten)

Panquecas são uma ótima opção para quem quer uma refeição caseira mas não tem muito tempo para cozinhar. Além de ficarem prontas em poucos minutos são super fáceis de fazer. Compartilho aqui duas receitas de massa básica neutra, que podem ser servidas com recheio doce ou salgado. Ambas não levam leite e nem ovo, perfeitas para intolerantes. Mesmo sem esses ingredientes elas ficam bem macias e elásticas.

Moqueca de caju + chá de hibisco com caju

Entre os meses de agosto e novembro acontece a safra do cajueiro, planta tropical nativa do Brasil. Dele se extraí a castanha de caju, o legítimo fruto. Sim, a castanha é na realidade o fruto! 😱 Fiquei chocado quando descobri isso. Já o caju, a parte alaranjada ou avermelhada de polpa carnosa e suculenta é o pedúnculo, riquíssimo em vitamina C, cálcio, ferro e fósforo (fonte: Cerratinga).

Biscoito de polvilho vegano

Não tem snack mais brasileiro que biscoito de polvilho, não é? Super crocante e leve é impossível parar de comer depois da primeira mordida. Com pequenas adaptações é possível fazer uma versão vegana bem satisfatória, ninguém vai dizer que não leva ovo ou leite. É um ótimo snack para alérgicos e intolerantes, já que não tem glúten e nem lactose. Além de ser perfeito pra levar na bolsa e comer entre as refeições quando bate aquela fome fora de casa.

Biscoito de fubá

Difícil encontrar alguém que não tem na memória afetiva alguma receita com fubá. Essa farinha de milho tem o poder de trazer à tona o gostinho de infância, do café da tarde na casa da avó ou no carinho de mãe. Esse pozinho de cor amarelado assume diversas formas e texturas. Broas, bolos, sequilhos, polenta, pães e biscoitos que acompanham uma xícara fumegante de café ou de chá. É confort food brasileiro, que alimenta o corpo, a alma e as boas memórias.