Todos os posts com a tag: sem leite

Biscoito de fubá

Difícil encontrar alguém que não tem na memória afetiva alguma receita com fubá. Essa farinha de milho tem o poder de trazer à tona o gostinho de infância, do café da tarde na casa da avó ou no carinho de mãe. Esse pozinho de cor amarelado assume diversas formas e texturas. Broas, bolos, sequilhos, polenta, pães e biscoitos que acompanham uma xícara fumegante de café ou de chá. É confort food brasileiro, que alimenta o corpo, a alma e as boas memórias.

Panqueca salgada de milho

Panquecas sempre quebram um galho na hora da fome e da correria. São fáceis e rápidas de fazer, basta misturar todos os ingredientes e levar para a frigideira. Simples assim! Ainda mais essa do tipo americana, que não leva recheio, uma coisa a menos pra resolver hahaha. A textura não é lisa como das panquecas doces porque leva milho cozido na massa, que dá sabor e graça nessa preparação.

Requeijão de castanha

Não gosto de ficar nomeando receitas veganas com nomes de receitas que de longe não são veganas, mas às vezes é preciso. Como é o caso desse “requeijão” de castanha, que de requeijão tem consistência parecida e a forma de consumir, por isso que chamei desse jeito. Apesar do sabor lembrar um pouco, ele é bem diferente do tradicional. Afinal de contas, é feito com ingredientes totalmente diferentes, não tinha como ser igual né!

Torta cremosa de repolho

Sim, é isso mesmo que você leu no título do post, torta cremosa de repolho! É salada sendo promovida a torta hahaha. Mas é claro, com alguns ingredientes a mais para dar um up no sabor e deixar a preparação mais especial. É de dar água na boca e pedir pra repetir! 😋 Nessa receita o repolho refogado casa impecavelmente com o alho e o creme de castanha. A combinação desses três é surpreendente. Fica muito gostoso! Se você não está afim de fazer a torta, sugiro preparar pelo menos o refogado com esse trio e servir como acompanhamento. Vai deixar qualquer refeição muito mais gostosa.

Biscoito de chocolate com jatobá

Alguns dias atrás tive a oportunidade de conhecer os boxes do Instituto Ata, do chef Alex Atala, no Mercado Municipal de Pinheiros aqui em São Paulo. Eu que sou apaixonado por ingredientes nativos do Brasil fiquei encantado e quis comprar quase tudo hahaha. São 4 boxes com produtos típicos de cada bioma: Caatinga e Cerrado, Mata Atlântica, Amazônia e Pampas. Quem mora por aqui ou vier passear e gosta de produtos regionais de alta qualidade vale a pena visitar. 

Muffins de pitanga

Não é difícil encontrar pitangueiras espalhadas em quintais e pomares do Nordeste ao Rio Grande do Sul. Aqui em São Paulo já vi várias brotando em calçadas e ruas movimentadas. Na primavera e no verão seus galhos se enchem de pequenas bagas vermelhas em tons que variam de acordo com a maturação. Quanto mais vermelha, mais madura.

Sorvete de chocolate

Fazer sorvete em casa sempre foi algo tentador e aparentemente impossível pra mim sem aquelas máquinas de sorvete. O fato de poder fazer sorvete vegano caseiro e de inúmeros sabores me animava muito. Foi assim que comprei a máquina e joguei meu dinheiro fora 😢 Sim, foi um péssimo investimento. Usei poucas vezes e hoje só me incomoda ocupando espaço.