Todos os posts com a tag: sem glúten

Bolo cremoso de mandioca com coco

Depois do bolo nada fácil e prático que fiz para comemorar o aniversário de dois anos do blog, chegou a hora de fazer um bolinho bem mais simples e rápido. Perfeito para a correria do dia a dia. O clássico bolo de mandioca com coco ganha uma versão sem ovos, sem laticínios e sem açúcar refinado por aqui. Além de não levar farinha e não conter glúten, do mesmo jeito que o tradicional. O preparo é simples, basta bater todos os ingredientes no liquidificador, pôr na fôrma e assar por alguns minutos. Fica bem saboroso e cremoso!

Como fazer granola salgada

Fazer granola em casa é muito simples e rápido, para você ter noção, essa aí eu fiz em menos de 30 minutos, incluindo o tempo de forno. Já publiquei aqui no blog como fazer granola doce, agora chegou a hora de eu explicar como fazer salgada. Ela é perfeita para polvilhar sobre saladas e pratos para dar uma crocância e sabor a mais, ou para ser consumida pura mesmo como um lanchinho da tarde. É uma forma bem saborosa e prática de se alimentar bem e nutrir o corpo nos intervalos das refeições.

2 anos, 1 grande novidade e 1 bolo vermelho para comemorar

Dois anos atrás eu lançava o meu blog com o objetivo de disseminar informações sobre como podemos tornar a relação homem-comida-meio ambiente mais harmoniosa possível, sem deixar de lado o prazer, é claro. Ao longo desse tempo publiquei por aqui receitas simples e gostosas (ao meu ver, é óbvio), que valorizam os alimentos de origem vegetal, integrais, orgânicos e produzidos localmente. Aos poucos o número de leitores foram aumentando, contabilizando hoje quase 1,5 milhão de visualizações. Agradeço a todos que acompanham por aqui minhas aventuras na cozinha. Esse blog não existiria mais se não fosse o incentivo de vocês através dos acessos, comentários, e-mails, compartilhamentos e curtidas. Cada vez que algum(a) leitor(a) entra em contato comigo, seja para tirar dúvidas, pedir ajuda ou elogiar, meu coração transborda de alegria e me sinto mais inspirado a continuar. Muitíssimo obrigado mesmo!

Muffins de pitanga

Não é difícil encontrar pitangueiras espalhadas em quintais e pomares do Nordeste ao Rio Grande do Sul. Aqui em São Paulo já vi várias brotando em calçadas e ruas movimentadas. Na primavera e no verão seus galhos se enchem de pequenas bagas vermelhas em tons que variam de acordo com a maturação. Quanto mais vermelha, mais madura.

Picolé de acerola

Vem chegando o verão e com ele as altas temperaturas. Não tem nada melhor do que um picolé ou sorvete para se refrescar né!? Apesar de que sou natural do sul do Brasil, onde as temperaturas no inverno podem chegar abaixo de zero, eu ODEIO o frio e AMO o calor. Aproveitando que começou a época da acerola, que ocorre na primavera e verão, resolvi fazer picolé com elas para se refrescar.

Dadinhos de tapioca

Os dadinhos de tapioca tornaram-se um aperitivo clássico do aclamado restaurante Mocotó, do chef Rodrigo Oliveira, aqui em São Paulo. A criação original leva tapioca granulada, queijo coalho, leite de vaca, sal e pimenta do reino branca. Depois de alguns testes, consegui trocar os ingredientes de origem animal para uma versão vegana satisfatória. Além disso, ao invés de fritar os dadinhos como a receita tradicional, eu assei. Resultado? Ficaram tão gostosos quanto os originais, crocantes por fora e macios por dentro. Acompanhados de molho de pimenta agridoce, como é servido no restaurante, ficam ainda melhores! Não deixe de experimentar esses dois juntinhos ❤ Eu fiz o molho em casa porque não gosto muito apimentado, a receita está no final do post.

Nhoque de abóbora

Difícil achar alguém que não gosta de nhoque, eu particularmente adoro! Faço de vez em quando de batata e de mandioquinha, mas essa foi a primeira vez, quer dizer a segunda, que fiz de abóbora. Digo segunda vez porque a primeira não deu muito certo. Motivo? A abóbora que eu tinha usado, a paulista, não é muito boa para fazer nhoque. Ela retém muita água, tive que usar muita farinha para conseguir modelar. Resultado, nhoque com sabor de farinha 😖

Mingau de tapioca

Apesar de que o café da manhã é a refeição mais importante do dia, eu tenho a maior preguiça de preparar algo já de manhã cedo. Fora que muitas vezes aqueles 5 minutinhos a mais de soneca se transformam em 20 minutos e me atraso para sair da cama hahaha. O que não sobra muito tempo para preparar algo. Mas mingau é uma coisa que faço com frequência, mesmo não tendo muito tempo. É super rápido de fazer, em menos de 10 minutos já está pronto, e muito fácil, basta misturar tudo numa panela e aquecer. Simples, barato e gostoso.