Todos os posts arquivados em: Pratos principais

Torta cremosa de repolho

Sim, é isso mesmo que você leu no título do post, torta cremosa de repolho! É salada sendo promovida a torta hahaha. Mas é claro, com alguns ingredientes a mais para dar um up no sabor e deixar a preparação mais especial. É de dar água na boca e pedir pra repetir! 😋 Nessa receita o repolho refogado casa impecavelmente com o alho e o creme de castanha. A combinação desses três é surpreendente. Fica muito gostoso! Se você não está afim de fazer a torta, sugiro preparar pelo menos o refogado com esse trio e servir como acompanhamento. Vai deixar qualquer refeição muito mais gostosa.

Hambúrguer de palmito

Uma das coisas boas de fazer hambúrgueres, é que além de saborosos, são super práticos. Gosto de fazer bastante e congelar. Quando bate aquela vontade de comer, ou aquela preguiça de cozinhar hahaha, é só tirar do congelador e fritar. Isso sem contar que na correria da semana quebram um bom galho quando precisamos de uma refeição rápida, mas sem deixar de lado aquele gostinho de feito em casa. Em um piscar de olhos ficam prontos sem muita sujeira.

Assado de lentilha

A época do ano em que a comilança rola solta está chegando. E pensando na ceia de Natal, resolvi publicar aqui uma receita perfeita para essa ocasião especial, um assado de lentilha muito saboroso e gostoso. Bom, não poderia ser diferente, já que leva bastante temperos que gosto muito, logo, não poderia ficar ruim.

Sopa de ervilha com hortelã

Cremosa, saborosa, prática e muito saudável! Essa sopa, ou creme, como você preferir chamar, pode ser servida quentinha em dias frios, ou gelada em dias quentes. Fica gostosa em qualquer temperatura e leva poucos ingredientes: inhame orgânico que recebi em casa da Bolsa de Orgânicos (já falei sobre o serviço deles aqui), ervilha, hortelã, sal e azeite de oliva. O segredo para ficar saborosa é utilizar ervilhas frescas, nada daquelas enlatadas. As frescas são bem mais gostosas e não contém sódio, sem contar da cor verde vibrante linda. É possível encontrar na seção de congelados dos supermercados, geralmente é vendida em pacotinhos de 300 g. Eu sempre tenho no congelador, são bem práticas, cozinham super rápido. 

Nhoque de abóbora

Difícil achar alguém que não gosta de nhoque, eu particularmente adoro! Faço de vez em quando de batata e de mandioquinha, mas essa foi a primeira vez, quer dizer a segunda, que fiz de abóbora. Digo segunda vez porque a primeira não deu muito certo. Motivo? A abóbora que eu tinha usado, a paulista, não é muito boa para fazer nhoque. Ela retém muita água, tive que usar muita farinha para conseguir modelar. Resultado, nhoque com sabor de farinha 😖

Mexido de tempeh

É bem provável que você esteja se perguntando que diabos é esse tal de tempeh? Pois bem, eu também não conhecia até esses dias atrás, quando conheci melhor a Mun Artesanal na feira de produtos naturais, a NaturalTech, aqui em São Paulo. O tempeh tradicional nada mais é que um bloco feito de grãos de soja fermentados com fungos do gênero Rhizopus. É uma excelente fonte de proteínas de origem vegetal. Sendo vendido congelado na seção refrigerada de bons supermercados, empórios, lojas de produtos naturais e pela internet.

Moqueca de banana-da-terra

Capixaba ou baiana? Eis a questão. Independente de onde tenha surgido, uma coisa é fato, a moqueca é brasileira! Acho essa iguaria a cara do Brasil, marcante, diversa e colorida. Por ter um imenso território a culinária brasileira varia muito, é o resultado de uma grande mistura de ingredientes e tradições adaptados ao clima de cada região. A moqueca capixaba não leva azeite de dendê, nem leite de coco e pimentão, já a baiana sim. Ela é tão importante para o país, em especial para o Espírito Santo, que se tornou patrimônio cultural imaterial.

Torta de tomates assados

Diferente, saborosa, leve e saudável. Acho que esses adjetivos descrevem bem essa torta dos deuses. Ela surpreende tanto pelo visual (é lindona!) quanto pelo sabor. Fiz inspirado na receita da minha amiga querida Flávia, do blog Tô puta e vou cozinhar. Se você não conhece o blog, sugiro correr lá e se deliciar com as receitas e com os textos cheios de humor, são impecáveis! A torta dela também ficou lindona, na minha versão usei menos ingredientes e troquei alguns, mas o jeito de fazer é o mesmo.

Hambúrguer de shimeji

Desde quando ganhei da Editora Alaúde o livro Veggie burgers para todo mundo: hambúrgueres veganos e vegetarianos nutritivos e saborosos, do autor Lukas Volger, fiquei super empolgado para criar uma receita nova de hambúrguer. Com o livro, aprendi várias técnicas, truques e dicas para preparar hambúrgueres vegetarianos e veganos divinos. Depois de muita enrolação e de dois testes não tão bem sucedidos. Consegui criar um hambúrguer de shimeji ma-ra-vi-lho-so. Até agora não acreditei que foi eu que criei isso hahaha. Crocante por fora e suculento por dentro, o hambúrguer tem textura e sabor incomparável.