Todos os posts arquivados em: Post novo

5 receitas saudáveis para se refrescar

O verão chegou com tudo nas bandas de cá, o céu azul e o solzão vieram acompanhados de altas temperaturas. Por este motivo, decidi reunir em um único post 5 receitas leves, saudáveis e refrescantes para amenizar esse calorzão sem ter que recorrer a sorvetes e picolés industrializados cheios de aditivos químicos. Tem receitas práticas e rápidas de fazer, como o shake de açaí com banana super cremoso, e o shake de banana geladinho e sem açúcar. Tem receitas um pouco mais elaboradas, como a torta sorvete de morango com crosta de oleaginosas (sem glúten), e o sorvete de chocolate super cremoso e irresistível, ninguém vai acreditar que é caseiro. Agora se é para fugir da gripe sugiro o picolé de acerola riquíssimo em vitamina C. 

Muffins de pitanga

Não é difícil encontrar pitangueiras espalhadas em quintais e pomares do Nordeste ao Rio Grande do Sul. Aqui em São Paulo já vi várias brotando em calçadas e ruas movimentadas. Na primavera e no verão seus galhos se enchem de pequenas bagas vermelhas em tons que variam de acordo com a maturação. Quanto mais vermelha, mais madura.

Sorvete de chocolate

Fazer sorvete em casa sempre foi algo tentador e aparentemente impossível pra mim sem aquelas máquinas de sorvete. O fato de poder fazer sorvete vegano caseiro e de inúmeros sabores me animava muito. Foi assim que comprei a máquina e joguei meu dinheiro fora 😢 Sim, foi um péssimo investimento. Usei poucas vezes e hoje só me incomoda ocupando espaço.

Picolé de acerola

Vem chegando o verão e com ele as altas temperaturas. Não tem nada melhor do que um picolé ou sorvete para se refrescar né!? Apesar de que sou natural do sul do Brasil, onde as temperaturas no inverno podem chegar abaixo de zero, eu ODEIO o frio e AMO o calor. Aproveitando que começou a época da acerola, que ocorre na primavera e verão, resolvi fazer picolé com elas para se refrescar.

Moqueca de banana-da-terra

Capixaba ou baiana? Eis a questão. Independente de onde tenha surgido, uma coisa é fato, a moqueca é brasileira! Acho essa iguaria a cara do Brasil, marcante, diversa e colorida. Por ter um imenso território a culinária brasileira varia muito, é o resultado de uma grande mistura de ingredientes e tradições adaptados ao clima de cada região. A moqueca capixaba não leva azeite de dendê, nem leite de coco e pimentão, já a baiana sim. Ela é tão importante para o país, em especial para o Espírito Santo, que se tornou patrimônio cultural imaterial.

Torta de tomates assados

Diferente, saborosa, leve e saudável. Acho que esses adjetivos descrevem bem essa torta dos deuses. Ela surpreende tanto pelo visual (é lindona!) quanto pelo sabor. Fiz inspirado na receita da minha amiga querida Flávia, do blog Tô puta e vou cozinhar. Se você não conhece o blog, sugiro correr lá e se deliciar com as receitas e com os textos cheios de humor, são impecáveis! A torta dela também ficou lindona, na minha versão usei menos ingredientes e troquei alguns, mas o jeito de fazer é o mesmo.

Como fazer granola caseira

Fazer granola é mais fácil do que parece. A grande vantagem nessa história de fazer em casa é que você tem total controle dos ingredientes que vai ter. Afinal, sempre tem aquela marca que adiciona algum aromatizante artificial,  um conservante desconhecido ou outros ingredientes com nomes esquisitos. Tipo, edulcorante artificial sucralose. Oi? Hablas mi lingua? O que na frente da embalagem diz ser natural e saudável, na parte de trás, lá na lista de ingredientes com a maldita fonte pequena, se diz o contrário. Engraçado como muitos produtos se contradizem.

Mini abóboras recheadas

Se você leu o último post, do antepasto de berinjela, já tá sabendo que na semana retrasada participei do evento Super Colheita promovido pela ISLA Sementes. Na Estação Experimental da empresa, em Viamão – RS, conheci toda a diversidade de sementes de hortaliças que eles comercializam. Além disso, tive a oportunidade de poder colher o que eu quisesse, sim o que eu quisesse na horta maravilhosa deles!!!