Todos os posts arquivados em: Post novo

Biscoito de chocolate com jatobá

Alguns dias atrás tive a oportunidade de conhecer os boxes do Instituto Ata, do chef Alex Atala, no Mercado Municipal de Pinheiros aqui em São Paulo. Eu que sou apaixonado por ingredientes nativos do Brasil fiquei encantado e quis comprar quase tudo hahaha. São 4 boxes com produtos típicos de cada bioma: Caatinga e Cerrado, Mata Atlântica, Amazônia e Pampas. Quem mora por aqui ou vier passear e gosta de produtos regionais de alta qualidade vale a pena visitar. 

Hambúrguer de palmito

Uma das coisas boas de fazer hambúrgueres, é que além de saborosos, são super práticos. Gosto de fazer bastante e congelar. Quando bate aquela vontade de comer, ou aquela preguiça de cozinhar hahaha, é só tirar do congelador e fritar. Isso sem contar que na correria da semana quebram um bom galho quando precisamos de uma refeição rápida, mas sem deixar de lado aquele gostinho de feito em casa. Em um piscar de olhos ficam prontos sem muita sujeira.

2 anos, 1 grande novidade e 1 bolo vermelho para comemorar

Dois anos atrás eu lançava o meu blog com o objetivo de disseminar informações sobre como podemos tornar a relação homem-comida-meio ambiente mais harmoniosa possível, sem deixar de lado o prazer, é claro. Ao longo desse tempo publiquei por aqui receitas simples e gostosas (ao meu ver, é óbvio), que valorizam os alimentos de origem vegetal, integrais, orgânicos e produzidos localmente. Aos poucos o número de leitores foram aumentando, contabilizando hoje quase 1,5 milhão de visualizações. Agradeço a todos que acompanham por aqui minhas aventuras na cozinha. Esse blog não existiria mais se não fosse o incentivo de vocês através dos acessos, comentários, e-mails, compartilhamentos e curtidas. Cada vez que algum(a) leitor(a) entra em contato comigo, seja para tirar dúvidas, pedir ajuda ou elogiar, meu coração transborda de alegria e me sinto mais inspirado a continuar. Muitíssimo obrigado mesmo!

Como fazer iogurte de coco

Fazer iogurte em casa foi uma das minhas últimas aventuras na cozinha final do ano passado. Depois de alguns testes consegui obter uma versão vegana incrível de iogurte de coco, para ninguém botar defeito. Fica super cremoso, leve e azedinho, sem contar que é rico em bactérias que auxiliam a flora intestinal. Bem saudável mesmo, uma ótima opção para o café da manhã ou lanchinho da tarde. Acompanhado de granola caseira então nem se fala, melhor ainda!

5 receitas saudáveis para se refrescar

O verão chegou com tudo nas bandas de cá, o céu azul e o solzão vieram acompanhados de altas temperaturas. Por este motivo, decidi reunir em um único post 5 receitas leves, saudáveis e refrescantes para amenizar esse calorzão sem ter que recorrer a sorvetes e picolés industrializados cheios de aditivos químicos. Tem receitas práticas e rápidas de fazer, como o shake de açaí com banana super cremoso, e o shake de banana geladinho e sem açúcar. Tem receitas um pouco mais elaboradas, como a torta sorvete de morango com crosta de oleaginosas (sem glúten), e o sorvete de chocolate super cremoso e irresistível, ninguém vai acreditar que é caseiro. Agora se é para fugir da gripe sugiro o picolé de acerola riquíssimo em vitamina C. 

Muffins de pitanga

Não é difícil encontrar pitangueiras espalhadas em quintais e pomares do Nordeste ao Rio Grande do Sul. Aqui em São Paulo já vi várias brotando em calçadas e ruas movimentadas. Na primavera e no verão seus galhos se enchem de pequenas bagas vermelhas em tons que variam de acordo com a maturação. Quanto mais vermelha, mais madura.

Moqueca de banana-da-terra

Capixaba ou baiana? Eis a questão. Independente de onde tenha surgido, uma coisa é fato, a moqueca é brasileira! Acho essa iguaria a cara do Brasil, marcante, diversa e colorida. Por ter um imenso território a culinária brasileira varia muito, é o resultado de uma grande mistura de ingredientes e tradições adaptados ao clima de cada região. A moqueca capixaba não leva azeite de dendê, nem leite de coco e pimentão, já a baiana sim. Ela é tão importante para o país, em especial para o Espírito Santo, que se tornou patrimônio cultural imaterial.

Torta de tomates assados

Diferente, saborosa, leve e saudável. Acho que esses adjetivos descrevem bem essa torta dos deuses. Ela surpreende tanto pelo visual (é lindona!) quanto pelo sabor. Fiz inspirado na receita da minha amiga querida Flávia, do blog Tô puta e vou cozinhar. Se você não conhece o blog, sugiro correr lá e se deliciar com as receitas e com os textos cheios de humor, são impecáveis! A torta dela também ficou lindona, na minha versão usei menos ingredientes e troquei alguns, mas o jeito de fazer é o mesmo.

Como fazer granola caseira

Fazer granola é mais fácil do que parece. A grande vantagem nessa história de fazer em casa é que você tem total controle dos ingredientes que vai ter. Afinal, sempre tem aquela marca que adiciona algum aromatizante artificial,  um conservante desconhecido ou outros ingredientes com nomes esquisitos. Tipo, edulcorante artificial sucralose. Oi? Hablas mi lingua? O que na frente da embalagem diz ser natural e saudável, na parte de trás, lá na lista de ingredientes com a maldita fonte pequena, se diz o contrário. Engraçado como muitos produtos se contradizem.