Café da manhã, Como, Lanches, Post novo, Receitas, Sem glúten
comentários 12

Como fazer iogurte de coco

Fazer iogurte em casa foi uma das minhas últimas aventuras na cozinha final do ano passado. Depois de alguns testes consegui obter uma versão vegana incrível de iogurte de coco, para ninguém botar defeito. Fica super cremoso, leve e azedinho, sem contar que é rico em bactérias que auxiliam a flora intestinal. Bem saudável mesmo, uma ótima opção para o café da manhã ou lanchinho da tarde. Acompanhado de granola caseira então nem se fala, melhor ainda!

Basicamente o iogurte tradicional, feito com leite vaca, depende das bactérias para fermentar e engrossar. Como a estrutura do leite de coco é bem diferente, só as bactérias não são o suficiente para engrossar. Por este motivo usei dois ingredientes para dar consistência e textura: o polvilho doce e o ágar-ágar (gelatina vegetal).

Depois de alguns testes obtive o melhor resultado combinado ambos ingredientes. Se for usado só ágar-ágar, o iogurte ficará muito gelatinoso, se for usado só o polvilho doce ficará muito elástico e grudento. Por este motivo indico usar os dois, o ágar-ágar para dar consistência e o polvilho doce para dar cremosidade e atuar como espessante.

Para dar sabor extra usei um pouquinho de açúcar demerara para deixar mais docinho. E um pouco de óleo de coco, para dar mais sabor de coco. Ambos são opcionais, mas super indico usar.

Para fermentar o iogurte usei o rejuvelac, um probiótico natural preparado a partir da fermentação de grãos integrais germinados. Seu cheiro e sabor é ligeiramente ácido. Já ensinei como fazer neste post.

É bem fácil fazer, você só vai precisar de água filtrada e grãos integrais, eu sempre uso arroz integral para fazer. O único problema é que demora cerca de 3 dias para ficar pronto, mas depois de pronto rende bastante e dura por um bom tempo na geladeira. Dá para fermentar bastante queijos e iogurtes veganos.

Existem outros ingredientes probióticos que podem ser usados para fermentar, como o kombuchá, o kefir, e o chucrute. Porém acho a opção com rejuvelac mais rápida e fácil. É claro que a opção mais rápida e fácil seria utilizar cápsulas de probióticos vendidas em farmácias e lojas de produtos naturais. Porém nem todas as marcas são vegetarianas, então fico com o pé atrás de comprar. Prefiro fazer o rejuvelac em casa porque tenho certeza da procedência. Se você souber de uma marca boa e confiável por favor me avise 😉

Você vai precisar de…
Leite de coco concentrado – 2 xícaras (500 ml) – ver nota
Polvilho doce – 3 colheres de sopa (20 g)
Rejuvelac – 2 colher de sopa (30 ml) – receita aqui
Açúcar demerara – 2 colher de sopa (22 g) – opcional
Óleo de coco derretido – 1 colher de sopa (15 ml) – opcional
Ágar-ágar – 1 ½ colher de chá

Como fazer…
1- Em uma panela coloque o leite de coco, o polvilho doce, o açúcar demerara, o óleo de coco e o ágar-ágar. Misture bem até os ingredientes secos se dissolverem.
2- Leve ao fogo médio e mexa sem parar até a mistura engrossar.
3- Desligue o fogo e espere amornar.
4- Quando a mistura atingir uma temperatura entre 40 e 60ºC, adicione o rejuvelac e misture bem até incorporar. O rejuvelac não pode ser adicionado quando a mistura estiver quente porque senão irá matar as enzimas, e não pode ser adicionado em temperaturas frias porque elas não irão se desenvolver e fermentar o iogurte.
5- Transfira o iogurte para um recipiente e tampe com gazes ou com um pano de prato que permita a entrada de ar.
6- Deixe fermentar em temperatura ambiente por cerca de 12 a 24 horas. Quanto mais tempo você deixar o iogurte fermentando, mais enzimas irão se desenvolver, e mais azedinho ele ficará. Deixe fermentar até adquirir o sabor que você preferir. Se a temperatura ambiente for mais quente, o iogurte irá fermentar com mais rapidez. Se a temperatura for mais fria, demorará mais tempo.
7- Depois de fermentado, o iogurte ficará mais consistente. Misture com uma colher para ficar cremoso.
8- Feche bem o recipiente com uma tampa e armazene na geladeira. Dura cerca de 5 dias.

Nota: Para um leite de coco mais concentrado e saboroso, bata no liquidificador 1 xícara de coco ralado seco, sem açúcar e não desengordurado com 2 xícaras de água quente. Espere amornar e coe normalmente.

Rendimento: 2 xícaras aproximadamente

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

  1. Susana santos Silva says

    Olá André,
    Sou portuguesa e estou a conhecer o seu blog agora. Acho o máximo.
    A minha dúvida é a seguinte: tenho uma máquina de fazer iogurtes. Antigamente, quando fazia iogurtes com leite de vaca, tinha apenas de ferver o leite e no fim misturar um iogurte também ele de leite de vaca. Distribuia por frasquinhos e colocava na máquina durante 12horas. A consistência era fantástica. Neste caso dos leites vegetais, já percebi como obter consistência. A minha dúvida é: posso continuar a utilizar a mesma máquina? Resultará? Durante as mesmas 12horas?
    Obrigada,
    Susana

    • André says

      Oi Susana! Fico feliz em saber que esteja gostando do blog 😀 Infelizmente não sei te dizer, nunca utilizei essa máquina de fazer iogurte. Se tentar, me avisa se deu certo 😉 Abraços!

  2. Mariana says

    André, eu ganhei kefir! Como eu faço pra usar pra fazer o iogurte de coco com ele? Coloco os grãos de kefir pra crescer dentro do leite de coco ou uso a água onde cultivo o kefir da mesma forma que você usou o rejuvelac? Muito obrigada! Abraço

    • André says

      Oi Mariana! Eu nunca utilizei o kefir para fermentar, então não sei te responder com exatidão. Mas sei que você pode utilizar a água onde cultivou no lugar do rejuvelac, só não sei te dizer se a quantidade é a mesma ou não. Depende do tempo que está cultivando. Mas acho que funciona também você colocar os grãos para fermentar dentro do leite de coco. Se fizer me avisa como ficou 😉 Abraços!

  3. Carolina says

    André, seu blog é uma delícia! As fotos são maravilhosas e as receitas dão certo =p
    Assim que meu rejuvelac ficar pronto, testarei a receita do iogurte.
    A propósito, o único probiótico vegano que conheço é o da Biologicus.
    Parabéns pela generosidade de compartilhar esses pequenos afetos em forma de comida.

    • André says

      Oi Carolina! Fico feliz em saber que tenha gostado do blog 😀 Espero que goste da receita. Obrigado pela dica querida, vou dar uma olhada nessa marca, não conhecia. Abraços!

  4. Paulo Akira says

    Olá André, prazer em contactá-lo daqui do Japão, conheci seu blog esses dias qdo estava procurando por Biscoito de farinha de grão de bico, aí tinha sua receita, muito interessante. Vou fazer assim que puder. Depois vou explorar o conteúdo do seu blog, ficou muito bonito e esclarecedor. Obrigado por compartilhar .
    Depois envio um link de um blog daqui ensinando fazer receitas por videos curtos.
    Um gde abraço, até mais.

    • André says

      Oi Paulo! Fico feliz em saber que tenha gostado da receita do cracker com farinha de grão de bico 😀 Que bom que o conteúdo é esclarecedor para você. De nada! Ah sim, pode me mandar o link. Eu até já sei fazer vídeos de receitas, só que não tenho muito tempo para fazer com frequência 🙁 mas manda para eu dar uma olhada. Abraços!

    • André says

      Oi Thais! Fico feliz em saber que tenha gostado da receita 😀 Abraços!

  5. Susana says

    Oi Andre, adoro comidas saudaveis e busco sempre a melhor!! Me chamou a atençao o iogurte de coco, Como tomamos shake, o preparamos com iogurte e fica demais!!!! mas até o momento faço com leite de vaca e rende 3 litros , então temos para uma semana mais ou menos. Penso que o de coco vai render menos não é? Pelo q pude ver seu blog é mto bom, adorei!!

    • André says

      Oi Susana! É muito bom fazer shake com iogurte né. Sim, o de coco rende menos. Esqueci de colocar o rendimento da receita, obrigado por me lembrar hehehe. Já atualizei o post, rende aproximadamente 2 xícaras. Mas você pode duplicar a receita para render mais. Fico feliz em saber que tenha gostado do blog 😀 Abraços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *