Como, Receitas
comentários 18

Como fazer extrato de baunilha

Pra mim não existe melhor ingrediente na confeitaria que a baunilha. Aquele cheirinho e gostinho adocicado maravilhoso transforma qualquer doce simplório em algo estupendo. É o segredo de muitas maravilhas por ai, é usado em bolos, tortas, biscoitos, sorvetes e pudins, por exemplo.

Porém, como diz o velho ditado, “toda alegria de pobre dura pouco”. Pois é, a baunilha é um ingrediente muito caro aqui no Brasil, infelizmente. E às vezes é até difícil encontrar essa belezinha. O que fazemos nesse caso? Compramos aqueles potinhos de essência de baunilha, que são bem baratinhos e fáceis de encontrar nos supermercados.

Há quem confunde essência com extrato de baunilha, mas ambos são bem diferentes. O primeiro é feito em laboratórios e leva vários ingredientes químicos, como aromatizantes e corantes, para chegar a algo que lembre o gosto da baunilha, porque baunilha mesmo não tem nada. Enquanto que o segundo é produzido com as favas de baunilha e álcool, bem mais natural que a essência.

Ingredientes do extrato

Favo de baunilha cortado

Sementes

Depois que você começa a utilizar o extrato em vez da essência, dificilmente irá voltar atrás. O seu sabor e cheiro é MUITO MELHOR. Tem algumas receitas aqui no blog que eu tinha utilizado essência, isso porque não tinha experimentado o extrato. As receitas ficam muito mais gostosas com o extrato. Parece que não, mas dá uma boa diferença.

O custo do extrato feito em casa é bem mais barato que os vendidos em supermercados ou empórios. É até mais barato que as essências industrializadas, isso porque rende bastante, dá pra fazer várias receitas. Ir colocando extrato em tudo pra ficar mais gostoso hahaha. Vale muito a pena! Principalmente se você faz doces com frequência.

O extrato de baunilha pode ser conservado por muito tempo graças ao álcool. Se você costuma usar com frequência, é uma boa ideia começar a fazer um novo quando o antigo estiver acabando. Isso porque demora pelo menos 2 meses para ficar pronto, infelizmente.

Vodka com baunilha

Você vai precisar de…
Favas de baunilha – 3 unidades
Vodka (ver NOTA) – 240ml
Pote de vidro esterilizado

Como fazer…
1- Corte as favas ao meio no sentido do comprimento.
2- Raspe com a faca ou com uma colher a parte interna de cada metade, do começo ao fim, para tirar as sementinhas.
3- Coloque as favas e as sementes no pote de vidro com a vodka e dê uma chacoalhada para misturar tudo.
4- Guarde o pote em local fresco longe do sol. Espere pelo menos 2 meses para começar a usar. Se você tiver paciência espere 6 meses, o extrato estará com pouco gosto de álcool e muito sabor de baunilha. Na foto abaixo o extrato está com 3 meses, como não tenho paciência já comecei a usar hahaha.

NOTA: Você pode usar outras bebidas alcoólicas como rum e whisky. Porém, nesse caso, o extrato terá o sabor da bebida de escolha.

Extrato pronto

  1. Isabela says

    Estou com muita dificuldade de encontrar a baunilha em fava. Moro em Niterói (RJ), região metropolitana do estado do RJ. Em todas as lojas que já entrei em contato afirmam que o produto está em falta. Achei a baunilha em pó, mas não é a mesma coisa. Gostaria de dicas de onde comprar.

    • André says

      Oi Isabela! Poxa que pena que você não tá encontrando com facilidade. Eu sei que em algumas unidades do Pão de Açúcar tem pra comprar. Dá pra comprar na internet também, você chegou a procurar? Abraços!

  2. Elaine says

    DEPOIS DE PRONTO POR 6 Meses a baunilha com a vodka como usa lá porque fica forte eu fiz pra molhar bolos e tenho essa dúvida??

    • André says

      Oi Elaine! Para receitas cruas é indicado usar pouco extrato para o sabor do álcool não prevalecer. Mas para receitas cozidas ou assadas pode usar sem problema. O álcool evapora quando aquecido, assim seu sabor desaparece durante o preparo.

    • André says

      Oi Antônio! Eu nunca pensei nessa possibilidade de adicionar cravo no preparo. Acho a baunilha tão gostosa que nunca vi a necessidade de mudar. Mas é uma boa ideia. Abraços!

  3. Rute A Brunelli says

    Oi André! Acabei de conhecer o blog. E gostei muito! Eu queria saber onde e como comprar as favas ( “como”, no sentido de escolhê-las de maneira correta). Obrigada! E um grande abraço!

    • André says

      Oi Rute! Que bom que você gostou do blog 😀 Geralmente tem em lojas de produtos naturais e empórios para comprar. Aqui em SP eu compro na Zona Cerealista. Para comprar o ideal é escolher as favas bem escuras, sem sinal de bolor ou aberturas. Não tem muito mistério na hora de escolher. De nada e abraços!

  4. renata pereira says

    Olá gostei muito do seu blog e vi q fez um chocolate quente da carol, qual blog dela? Para ver a receita dele pois vi no seu instagran o comentario

    • André says

      Oi Renata! Que bom que você gostou do meu blog 😀 Fiz sim chocolate quente, tem a receita aqui > temperoalternativo.com.br/2015/06/08/chocolate-quente/ Eu criei essa receita, não peguei da Carol. Nem sei a quem você está se referindo hehehe. Abraços!

  5. Adriane Oliveira Miranda says

    Oi André, posso usar álcool de cereal ao invés da Vodka.
    Grata.

    • André says

      Oi Adriane! Sim, pode usar o álcool de cereal, também dá certo 😉 Abraços!

  6. Alessandro says

    Dura quanto tempo após pronto? É armazenado na Geladeira?

    • André says

      Oi Alessandro! O extrato é armazenado em temperatura ambiente, em local fresco e seco. Ele dura por vários anos graças ao álcool, não tem um tempo específico. Abraços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *