Café da manhã, Receitas, Sem glúten, Sobremesas
comentários 35

Bolo de cenoura

Semana passada publiquei aqui no blog uma pesquisa para saber a opinião de vocês sobre o blog para melhorá-lo. Eu sei que responder questionário não é nem um pouco legal, mas graças as respostas de vocês (que aliás foram mais de 300) vou conseguir melhorar Tempero Alternativo.

Muitíssimo obrigado a todos que tiveram paciência e responderam com muito amor e carinho, em breve novidades irão surgir por aqui 😉 Muitas pessoas elogiaram minhas fotografias, então decidi fazer um post recheado de fotos da receita do bolo de cenoura que estava no final da pesquisa. Quem não conseguiu pegar a receita, agora é a chance.

Cenouras

Ingredientes massa

Depois de muitos testes mal sucedidos, pra falar a verdade eu já estava quase desistindo, consegui fazer um bolo de cenoura com massa fofinha e cobertura cremosa sem utilizar qualquer ingrediente de origem animal, e além disso, sem conter glúten e óleo. Para a massa utilizei farinha de arroz, polvilho doce, açúcar cristal, farinha de linhaça (vai dar liga e substituir o ovo), cenouras, fermento e água.

Eu sei que essa receita não é lá muito saudável por causa do açúcar e da farinha de arroz branca. Mas para o bolo ficar mais leve e gostoso, é necessário utilizar esses ingredientes. E vamos e convenhamos, comer bolo de cenoura de vez em quando não faz mal a ninguém.

Podemos dizer que a cobertura é parte mais natureba da receita. É a mesma da nega maluca que já publiquei aqui. Leva só três ingredientes: biomassa de banana, chocolate 70% cacau e açúcar mascavo. Sei que fazer biomassa dá um pouco de trabalho, mas essa cobertura fica tão cremosa e irresistível que valer a pena fazer. Não sei outra receita de cobertura sem laticínios tão boa quanto essa, se você tiver, compartilhe por favor!

Ingredientes cobertura

Massa e cobertura

Bolo de cenoura

Bolo

Bolo sem glúten.

MASSA FOFINHA
COBERTURA CREMOSA
SEM GLÚTEN, OVOS E LATICÍNIOS

INGREDIENTES:

Para a massa:
3 xíc. de farinha de arroz branco
1 xíc. e 1/2 de açúcar cristal ou demerara
3/4 xíc. de polvilho doce
2 xíc. e 1/2 de água
1 xíc. e 1/2 de cenoura picada (aproximadamente 3 cenouras médias)
3 colheres de sopa de farinha de linhaça
1 colher de sopa de fermento

Para a cobertura:
1 xíc. e 1/2 de biomassa de banana (receita no aqui)
1/2 xíc. de açúcar mascavo
100g de chocolate 70% de cacau ou mais

COMO FAZER:
1- Em um recipiente grande peneire a farinha de arroz, o açúcar cristal e o polvilho doce. Reserve;
2- Coloque no liquidificador a cenoura, a água e a farinha de linhaça. Bata bem até ficar homogêneo;
3- Adicione a mistura líquida aos ingredientes secos. Mexa tudo até a massa ficar homogênea;
4- Por último, adicione o fermento e misture delicadamente até incorporar na massa;
5- Unte uma fôrma (usei uma de 33×23 cm) com óleo vegetal e despeja a massa. Leve ao forno preaquecido a 200 °C por cerca de 30 minutos, ou até quando o palito ou garfo sair limpo ao espetar a massa;
6- Enquanto a massa está assando prepare a cobertura. Numa panela coloque a biomassa, o chocolate e o açúcar mascavo (ver NOTAS). Leve ao fogo baixo e mexa sem parar até todos os ingredientes incorporarem;
7- Adicione um pouco de água, mais ou menos 75 ml, para deixar a cobertura mais líquida. Lembre-se que ao resfriar, a biomassa fica mais consistente, por isso que a cobertura enquanto quente deve estar mais líquida. Caso você quiser uma cobertura mais durinha não adicione a água;
8- Retire a massa do forno e deixe esfriar antes de colocar a cobertura;
9- Por último, espalhe a cobertura e sirva.

NOTAS:
– A quantidade de chocolate e açúcar mascavo para a cobertura pode variar de acordo com o seu paladar, e principalmente de acordo com a porcentagem de cacau que o chocolate utilizado tem. Por exemplo, se o chocolate usado tem pouco cacau, como 40%, não vai ser necessário utilizar muito açúcar porque o chocolate já é mais doce. Agora se tiver bastante cacau, como 70%, significa que ele é mais amargo, sendo assim é bom utilizar um pouco de açúcar para adoçar. Isso vai variar de acordo com o seu paladar, experimente antes de adoçar.

– Se você tem a biomassa guardada na geladeira ou congelada como eu, primeiro é necessário esquentar ela para voltar ao seu estado original de pasta cremosa. Isso pode ser feito mexendo a biomassa na panela em fogo baixo com um pouco de água, ou em banho maria, depois utilize normalmente na receita.

– Caso você for intolerante ou alérgico ao glúten, certifique-se que o chocolate utilizado não contenha essa proteína.

BOM APETITE!

  1. ola andre 🙂 sou apaixonada por suas receitas, já fiz broinha, bolo de fubá, quiche com farinha de grão de bico e tudo ficou maravilhoso, mas esse bolo aqui..usei farinha de arroz vermelho e açucar mascavo e o resultado foi péssimo, quase nao senti o gosto da cenoura. mas tbm ne? bolo de cenoura é um classico da infância, qualquer tentativa sem gluten e sem lactose dele deixa as memórias da infância abalada haha.
    mas enfim, adoro suas receitas, sempre tenho resultados bem saborosos, mas o bolo de cenoura ainda preciso me esforçar mais! siga nas suas pesquisas e criações aqui, tem um caminho bonito!
    um abraço!

    • André says

      Oi Camila! Fico feliz em saber que goste das receitas 😀 A farinha de arroz vermelho é mais pesada e tem sabor mais marcante, por isso indico usar a branca. É verdade, como é um bolo clássico da infância qualquer alteração sutil é bem perceptível. Em breve devo postar por aqui uma receita de bolo de cenoura com farinha de trigo, bem parecida com a tradicional. Abraços!

  2. livia says

    o bolo ficou meio grosso, nao ficou muito fofinho, e demorou muuuiito para assar. queria um mais molhadinho, uma pena.

    • André says

      Oi Iivia! Poxa que pena, fazer bolo sem glúten não é fácil mesmo acertar o ponto. Para deixar mais molhadinho diminui o tempo no forno, ele deve ter secado demais, por isso também que não ficou tão fofinho. Abraços!

  3. Lucas says

    Oi, André! Adoro seu blog, estou sempre testando novas receitas daqui!
    Então, como você comentou sobre a cobertura de chocolate do bolo, eu gostaria de compartilhar uma versão que fiz: aquafaba batida em chantilly (fiz com açúcar cristal, baunilha e vinagre de maçã) + congelador. Depois, coloquei umas duas colheres de cacau, e ficou bem parecido com uma ganache, bem cremoso e brilhante. Imagino que se for feito com chocolate derretido fique ainda mais gostoso. Bem, não é muito saudável, mas como você mesmo disse, um bolinho aqui e ali não faz mal a ninguém. Até!

    • André says

      Oi Lucas! Fico feliz em saber que goste do blog 😀 Uau, parece ser boa essa cobertura que você fez, vou tentar na próxima vez que tiver aquafaba. Obrigado por compartilhar sua experiência. Ah sim, verdade, um bolinho aqui e outro ali não faz mal a ninguém. Abraços!

  4. Patricia says

    Oi André, como vai?

    Uma pergunta, qual é o tamanho da xícara que você usa? É aquela de chá (aproximadamente 80g) ou maior?

    Obrigada.

    • André says

      Oi Patrícia! Tudo bem, e com você? A xícara que eu uso é de chá (250 ml) cerca de 140 g. Abraços!

  5. livia says

    oi, eu ja fiz uma cobertura de inhame com chocolate e fica muito gostoso! vale a pena

    • André says

      Oi Livia! Uau, boa ideia! Nunca tinha pensado em usar inhame com chocolate na cobertura. Deve ficar ótimo mesmo já que o inhame tem sabor mais neutro. Obrigado pela dica 😉 Abraços!

  6. Fer says

    Oi André!! Estou adorando suas receitas. Posso saber que marca de choco 70% vc usa? Pode me responder por email se nao quiser fazer propaganda… heheheh Acho dificil encontrar! Bjs

  7. Olá, André!
    Espero que você esteja bem.

    Neste dia de domingo ensolarado lindo, meus gatos estão lá dormindo daquele jeito maracharmoso típico de felinos, e o marido em uma imersão, então, resolvi fazer biomassa com um cacho inteirinho de banana verde que ganhei. E escolhi esta receita para usar a biomassa.

    Acabei de colocar a massa do bolo no forno! Só de prepará-la já foi muito gostoso em aroma, textura, cor e sabor.

    Depois volto aqui a falar sobre o resultado final.

    Grata por todas as partilhas e pela atenção em responder um outro comentário meu.

    Abraço que agradece,

    Tamara Queiroz

    • André says

      Oi Tamara! Ai que delicia um domingo ensolarado né, ainda mais bem acompanhada 😉 Espero que tenha gostado da receita, eu simplesmente amo fazer cobertura e recheio de bolo com biomassa de banana. O sabor e a textura ficam incríveis. Abraços querida!

  8. Rosana says

    Boa noite! Suas receitas são inspiradoras. Irei fazer algumas com certeza! Virei fã.

    • André says

      Oi Rosana! Fico feliz em saber que tenha achado minhas receitas inspiradoras 😀 Espero que goste delas. Abraços!

  9. Giseli lima de farias says

    Oi André. Tudo bem?

    Quero muito fazer esse bolo! Perguntas: Acabei de fazer a mistura de farinha sem glúten que voce postou recentemente. Posso usá-la nessa receita? Em que proporção? Voce menciona que a farinha de linhaça é para dar liga, ao invés de usar ovo. Não sou vegana e como muito ovo! Se substituir a linhaça pelo ovo, dá certo? Quantos?

    Obrigada

    • André says

      Oi Giseli! Eu não cheguei a fazer esse bolo com a mistura de farinha sem glúten. Mas acredito que dê certo, é só substituir a farinha de arroz e polvilho doce na mesma quantidade da mistura (3 xíc. e 3/4 xíc). Como a mistura tem bastante liga, não precisa usar ovo ou linhaça. Eu já fiz muffins com a mistura, fica muito bom. De nada, abraços!

    • André says

      Oi Jane! Você pode substituir por bicarbonato de sódio. Você pode usar 1/4 de colher de chá de bicarbonato para cada colher de chá de fermento. Espero ter te ajudado. Abraços!

  10. monica says

    oi andre

    posso bater primeiro a linhaça para fazer a farinha dela e depois colocar o restante dos ingredientes juntos no liquidificador ou ainda fazer a farinha no liquidificador e depois bater tudo na batedeira?

    • André says

      Oi Monica! Pode sim bater a linhaça primeiro pra fazer a farinha e depois adicionar os demais ingredientes, dá super certo 😉 Abraços!

  11. Ei André, muito bom o seu blog! Vou experimentar esse bolo, será que se eu não usar o polvilho doce e usar apenas farinha de arroz funciona? E tem alguma coisa pra substituir a biomassa de banana? J[a ouvi falar no inhame?

    • André says

      Oi Amanda! Fico feliz em saber que tenha gostado do blog 😀 Não indico você usar só a farinha de arroz. O polvilho é responsável por deixar a massa mais fofa e aerada, por isso eu não usaria só a farinha de arroz. Mas se você fizer, me avisa como ficou 😉 Sobre a cobertura, não sei te dizer um substituto a altura da biomassa, desculpa. Sim, conheço o inhame. Tem até algumas receitas aqui no blog com ele. Abraços!

  12. Nathalia says

    A farinha de arroz que tenho aqui é a integral, será que consigo fazer a receita? Obrigada, adoro suas receitas.

    • André says

      Oi Nathalia! Nunca fiz esse bolo com farinha de arroz integral, mas não indico você fazer. Acredito que o bolo irá ficar pesado e denso, acho que não vai crescer muito. Se fizer, me avisa como ficou 😉 Abraços!

  13. Ana Maria says

    Olá André, gostaria de saber se você tem mais receitas de bolo sem óleo. Descobri recentemente que tenho refluxo, devo evitar gordura e chocolate (entre outras coisas), mas que é o mais difícil para achar substituto para doces. Tu tem algum livro para me indicar que eu poderia achar receitas de bolo sem gordura? Estou testando a tua do bolo de cenoura agora, está no forno! espero que eu tenha acertado! obrigada desde já! 😉

    • André says

      Oi Ana! É difícil mesmo encontrar receitas de bolo sem óleo. Todos os livros que conheço tem receitas que levam óleo, assim que eu souber de algum te aviso. Tenta pesquisar na internet, acho que você deve encontrar alguma coisa. Espero que tenha dado certo e gostado do bolo 😉 De nada querida, abraços!

  14. Tatiana Muniz says

    oi André, achei a receita super simples e testei aqui em casa (só o bolo pois a cobertura eu não tenho biomassa aqui agora então resolvi fazer de outra forma). Bom, fácil e rápida de fazer, a única coisa que eu fiz foi adicionar um pouco menos de açúcar demerara (1 xic e 1/4, sempre diminuo nas receitas doces que faço). O meu bolo ficou “molhado e seco”,hahah difícil descrever a textura, ele não ficou fotinho ou esfarelamento, ele ficou como se fosse uma massa úmida toda junta, e o gosto que ressaltou foi o da farinha e não o da cenoura. Será que o pouco de açúcar que tirei fez toda essa diferença? To querendo dicas para poder aperfeiçoar, sinto falta de consumir bolos caseiros e ainda não achei uma receita vegana e sem lutem que ficasse 95% perto dos de origem animal :/ Vou aguardar sua resposta e to amando o seu blog, testando muitas receitas, as salgadas estão conquistando a família!!!! Um abraço.

    • Oi Tatiana! Que bom que você gostou da receita. Fazer bolo vegano e sem glúten é bem complicado mesmo, fazer uma receita que fique parecido com os bolos tradicionais então nem se fala. Esse bolo de cenoura não fica parecido com o tradicional, mas já quebra um bom galho. Fazer bolo gostoso sem ovo ou manteiga eu acho bem fácil, mas sem farinha de trigo acho bem difícil. Na versão sem glúten como essa, o tempo deixado no forno pode alterar a textura dele um monte, assim como a temperatura. Sobre o gosto da farinha que ressaltou, talvez seja por causa do açúcar mesmo, tenta colocar 1 xíc e 1/2 ou até um pouco mais da próxima vez. Fico feliz em saber que você está gostando do meu blog! Abraços!

      • Tatiana Muniz says

        Muito obrigada pela atenção!!! Não vou desistir desse bolo, vou tentar mais uma vez 😛 Super abraço.

    • Oi Marcello! Obrigado! Fico feliz em saber que tenha gostado da página =D
      Sim, você pode usar esse chocolate da Arcor 70% cacau, de vez em quando eu utilizo esse também e fica ótimo. Abraços!

  15. Josiane Herber says

    Amoo bolo de cenoura. Experimentou trocar o açúcar pelo demerara na receita da massa? Prefiro o mascavo, mas em algumas receitas uso o demerara no lugar do mascavo. Vou testar sua receita, parabéns pela dedicação!

    • Oi Josiane! Não experimentei utilizar o açúcar demerara, até pensei em usar, mas não tinha em casa ai foi o cristal mesmo. Mas se você tiver o demarara indico usar ele. O mascavo vai alterar bastante a cor do bolo, mas vai ficar bom do mesmo jeito. Espero que goste da receita. De nada e abraços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *