Entradas e acompanhamentos, Pratos principais, Receitas
comentários 16

Nhoque de batata

Essa é mais uma daquelas receitas fáceis de fazer que tanto publico aqui no blog. Eu garanto para você que eu demoro mais tempo tirando as fotos e escrevendo o post do que cozinhando mesmo hahaha. A receita da vez é de um delicioso e macio nhoque de batata.

Para mim o nhoque é algo que me traz certa nostalgia, pois me faz lembrar da minha infância. Época em que eu passava as férias de verão na casa da minha tia. Ela fazia, e ainda faz, um nhoque delicioso, não tem como esquecer daqueles tempos.

Batata

Essa foi a primeira vez que fiz nhoque, e como gosto de veganizar tudo e utilizar ingredientes poucos processados, a minha versão não leva ovos e nem farinha de trigo branca. Utilizei apenas batatas, farinha de trigo integral, noz-moscada e sal. Quem disse que precisa usar ovos para fazer nhoque? Da muito certo sem! Se a desculpa era porque os ovos é que vão dar liga à massa, saiba que a farinha de trigo também é responsável por isso. Por esse motivo que da muito certo sem.

É possível fazer nhoque numa versão vegana e sem glúten também, basta substituir a farinha de trigo por uma mistura de metade de farinha de arroz e metade de polvilho doce. Nessa versão, o polvilho doce é responsável por dar liga à massa. Eu nunca fiz essa receita, mas já vi em vários sites e acredito que da muito certo também.

Fazendo nhoque

Servi o meu nhoque acompanhado de molho de tomate e com algumas folhas de sálvia. Obviamente você pode incrementar o nhoque utilizando o molho e/ou ervas que preferir. Deve ficar ótimo também com molho pesto. Bem que eu queria ter feito, mas infelizmente não tinha manjericão em casa.

Nhoque de batata

Nhoque integral

MACIO
VEGANO
INTEGRAL
COM OPÇÃO SEM GLÚTEN

INGREDIENTES:
4 batatas pequenas
1 xíc. de farinha de trigo integral + um pouco para polvilhar (ou 1/2 xíc. de farinha de arroz e 1/2 xíc. de polvilho doce para uma versão sem glúten)
Molho de tomate para servir (ou outro molho)
1 pitada de noz-moscada (opcional)
Sal a gosto

COMO FAZER:
1 – Descasque as batatas e corte em cubinhos. Coloque elas em uma panela, cubra com água e cozinhe até ficarem macias;
2 – Depois, escorra bem a água e amasse as batatas até virar um purê;
3 – Acrescente a farinha e tempere com sal e noz-moscada. Misture até formar uma bola de massa que não gruda, até dar ponto de enrolar. Se necessário acrescente mais farinha;
4 – Transfira a massa para uma superfície de trabalho enfarinhada. Faça alguns rolinhos com a espessura desejada e corte em pedaços de 2 a 3 centímetros;
5 – Deixe a massa descansar por cerca de 15 minutos;
6 – Em seguida, coloque uma panela com água e sal no fogo até a água começar a ferver;
7 – Coloque o nhoque aos poucos na panela. Quando colocados, eles irão afundar. Depois de um tempo cozinhando irão começar a flutuar, isso significa que está pronto. Retire imediatamente e coloque-os em um escorredor para sair o excesso de água;
8 – Adicione o molho de tomate, ou outro molho, e sirva.

DICAS:
– Quanto menos farinha você conseguir utilizar, mas leve e macio será o nhoque.
– Se você não estiver com pressa, espere o purê esfriar bem (etapa 2) para evaporar o excesso de água, assim não será necessário utilizar tanta farinha para a massa não grudar.

  1. Thalyta says

    Ola,
    Posso fazer essa receita pra congelar pra semana? E ir cozinhando conforme o dia?

    • André says

      Oi Thalyta! Eu nunca tentei congelar, então não sei te dizer se rola ou não fazer isso. Mas eu não indicaria, creio que o nhoque vai absorver muita umidade congelado e ficar empapado quando cozinhar. O melhor mesmo é fresco, feito na hora. Mas se fizer me avisa como ficou 😉 Abraços!

  2. Marcella says

    Olá André! Ainda não sou vegetariana, mas é um assunto que vem me interessando muito esses últimos tempos. Na busca por informações e receitas vegetarianas encontrei seu blog, com conteúdo muito bom e explicado de forma simples. Parabéns! O molho do nhoque é caseiro? Você teria a receita?

    • André says

      Oi Marcella! Que legal você estar se interessando pelo assunto. Fico feliz em saber que tenha gostado do blog 😀 Esse molho é pronto, da marca Heinz, ele é bem natural e saboroso. Não tem conservante, aromatizante e corante. Não tenho uma receita de molho de tomate, mas em breve devo testar algumas receitas e postar aqui no blog. Dá uma pesquisada no Google, certeza que você vai achar várias receitas 😉 Abraços!

    • Carol says

      Oi Marcella. Tenho uma receita de um molho de tomate caseiro, que minha avó fazia. Bata no liquidificador um pedaço pequeno de cebola, um pequeno de pimentão e tomates, bem maduros, o suficiente para ficar bem vermelho. Depois, aquece uma panela e coloque azeite. Quando estiver quente, coloque o molho batido, e deixe ferver até engrossar. Tempere como desejar. Eu costumo acrescentar manjericão, salsa, cebolinha e orégano frescos depois que coloco na panela. Boa sorte!

      • André says

        Oi Carol! Nossa, deve ficar delicioso esse molho de tomate. Obrigado pela dica querida, vou tentar fazer 😉 Abraços!

  3. Erika says

    Oi amigo! Cozinhar as batatas no vapor também é bem legal para fazer o nhoque. Parabéns pela criatividade, amei! Abraços.

    • André says

      Oi Erika! Boa ideia cozinhar no vapor, assim evita que elas fiquem muito úmidas. Vou tentar na próxima vez. Abraços!

  4. Wich says

    Oi André, adoro seu site. Tb me aventuro na cozinha. Gosto de usar a batata asterix, ela ajuda a reduzir a quantidade de farinha.
    Fiz um molho bem suculento com pimentão, cebola, brocólis, azeitonas. Ficou show.
    Bjs, Nina

  5. Patrícia Santos says

    Eu fiz!!! Maravilhoso!!!! Foi meu almoço pre meia maratona, deu certo, completei os 21k. Obrigada pelas receitas. Amo muito

  6. Lilian Alves de Araújo says

    Oi André!
    Sou novata por aqui, e já me confesso fã da sua página!
    Curti pelo Facebook e também pelo Instagram.
    As receitas são simples, muito bem explicadas e as fotos são lindas!
    Sou vegetariana há 12 anos e agora estou em transição para vegana e com as suas receitas e dicas ficará muito mais fácil!
    Adorei a versão do nhoque sem glúten, vou testar!
    Parabéns!!!

    • Oi Lilian! Uaal fiquei muito feliz em saber que está gostado do blog e que já tenha curtido ele no Facebook e Instagram. Estou torcendo por você nessa transição, tenho certeza que irá conseguir 😉 Espero te ajudar com as receitas, se tiver alguma sugestão outra receita que não viu por aqui é só mandar pra mim. Abraços!

      • Lilian Alves de Araújo says

        Super obrigada André!
        Pela torcida, pelas receitas e por me responder.
        Abraço!

  7. Rafaela Silva says

    André, usar somente a farinha integral não deixa um gosto muito característico? Fiz nhoque (pela primeira vez também) semana passada somente com farinha de trigo branca (fiquei com receio de usar a integral) e ficou muito bom e macio. Vi em algum lugar que para evitar usar muita farinha é só levar aos batatas ao forno, ao invés de cozinhá-las na água. Tô adorando isso aqui! Entro todo dia! Um beijo!

    • Oi Rafaela! Sim, utilizar só a farinha de trigo integral afeta no sabor do nhoque, mas eu não achei que alterou muito. Se estiver com receio utiliza 1/2 xíc. de farinha integral com 1/2 xíc. de farinha branca. Pois é, depois que fiz o nhoque descobri essa de colocar as batatas no forno para não ficarem muito úmidas, nem tinha pensado nisso, na próxima vou tentar assim. Obrigado pela dica. Fico feliz em saber que esteja gostando e acompanhando o blog 😉 Abraços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *