Bebidas, Receitas
comentários 12

Milkshake de açaí com banana

A primeira vez que experimentei açaí foi na forma de sorvete em Manaus, aquela cor roxa forte me deixou empolgado para experimentar. E lá foi a primeira colherada, depois veio a segunda, a terceira, a quarta, até acabar! Eu adorei como deu para perceber, caiu muito bem naquela noite quente na capital amazônica. Alguns meses depois o açaí começou a fazer sucesso pelo Brasil todo e finalmente chegou aqui em Santa Catarina pra minha alegria, e de muitos por ai.

Em Manaus eu não tinha experimentado a fruta pura, só na versão de sorvete. E por aqui ele é muito vendido misturado com banana ou xarope de guaraná, que por sinal, ambas as versões são uma delícia. Sempre tive a vontade de consumi-lo puro para saber o seu sabor original, até que um dia encontrei a polpa no supermercado. Comprei, fiz suco, e definitivamente não gostei. Pra mim o suco de açaí puro é arenoso, não foi uma boa experiência, mas ainda tenho a vontade de experimentar pelo menos uma vez a fruta in natura, nada de suco.

Agora tinha entendido porque não se encontra açaí puro nesses quiosques ou lanchonetes, eles sempre acrescentam algo para adoçar e deixá-lo cremoso, como banana, morango, xarope de guaraná ou glicose. Dessa aventura de fazer suco tinha sobrado duas polpas de açaí no congelador, e sem dúvida eu não iria fazer suco. Resolvi então fazer milkshake com a polpa, seguindo mais ou menos a receita do milkshake de chocolate que eu já postei por aqui. E pasmem, ficou delicioso! Eu sei que milkshake de açaí com banana não é uma novidade, mas essa receita na versão vegana/sem lactose é uma novidade para mim.

Ingredientes milkshake

Utilizei apenas quatro ingredientes, mais a água, para fazer esse milkshake. Cada um foi utilizado com um propósito específico, assim como no milkshake de chocolate.  A banana é responsável por deixá-lo cremoso, as castanhas de caju para ficar consistente e denso como os milkshakes tradicionais. A polpa de açaí congelada para dar sabor e cor, o açúcar para adoçar, e a água para ajudar a triturar todos os ingredientes no liquidificador, e deixá-lo mais líquido. Essa combinação de polpa de açaí, castanha de caju, banana, água e açúcar, batido tudo no liquidificador, ficou perfeita. O milkshake tão cremoso, e sem aquela textura arenosa do suco.

Milkshake no liquidificador
milkshake no copo

Esse milkshake é bom para quem pratica atividades físicas, já que tem bastante calorias por causa do açaí. Além de ser rico em potássio por causa da banana, que evita câimbras. É uma ótima versão alternativa dos milkshakes tradicionais, já que é muito nutritivo e não contém lactose. E os ingredientes são poucos e fáceis de achar, vale a pena fazer pelo menos uma vez para experimentar. Só é necessário ter um planejamento de quando irá fazer porque as castanhas precisam ficar de molho pelo menos 4 horas para amolecerem, mas fora isso é só bater tudo no liquidificador e pronto!

Milkshake de açaí com banana

INGREDIENTES:
200 g de polpa de açaí congelada
1 banana pequena
1 xíc. de castanha de caju de molho por no mínimo 4 horas
3 colheres de sopa de açúcar mascavo ou outro adoçante
100 ml de água, de preferência gelada para ficar mais refrescante

COMO FAZER:
1- Coloque todos os ingredientes no liquidificador e bata até ficar homogêneo;
2- Experimente, e adicione mais água se quiser mais fino, ou açúcar para ficar mais doce. Beba imediatamente após fazer, gelado é muito mais gostoso. Se sobrar, conserve na geladeira por no máximo 2 dias.

NOTA: O açúcar mascavo vai deixar o milkshake com a cor marrom, mas delicioso do mesmo jeito, o meu ficou roxo porque usei açúcar cristal para ficar mais bonito nas fotos, rs. Mas se você não se preocupa com a beleza e sim com o valor nutricional, utilize o açúcar mascavo.

 

  1. Samir says

    Não deixe de provar o açaí puro feito à maneira tradicional (batido direto da fruta e não a partir da polpa congelada) se tiver oportunidade. Dependendo da concentração, vai parecer um milkshake sem precisar adicionar mais nada (é mais “grosso” ou mais “fino” conforme o nível de adição de água durante a fabricação, e você pode escolher um tipo ou outro ao comprar nas bancas tradicionais que vendem no Pará — e acredito que também no Amazonas). Claro que, quando puro, o “vinho” (como chamam) não é doce, mas ainda assim tem um sabor agradável se provado fresco. A forma mais tradicional mesmo é sem açúcar e usando como guarnição para comer junto com outros alimentos — principalmente camarão seco ou peixe frito, e em qualquer caso acompanhando com farinha grossa de mandioca (do tipo “farinha d’água”). É comum e tradicional no norte também se tomar como sobremesa, com a mesma farinha ou então com uma farinha de flocos brancos e menos duros chamada farinha de tapioca. A versão de sobremesa, mesmo na forma “tradicional”, aceita açúcar (coloque açúcar, farinha e de preferência tome gelado em uma vasilha — com colher, já que o líquido é espesso e fica ainda mais com a farinha). É delicioso e supera qualquer milkshake.

    • André says

      Oi Samir! Em junho estive em Belém pela primeira vez e tive a oportunidade de experimentar o açaí puro no mercado Ver-o-Peso. Realmente ele é mais grosso, por ter menos água, e bem mais gostoso quando comparado com as polpas congeladas vendida aqui no Sudeste. Muito obrigado pelas informações, vi tudo isso que você falou nessa minha viagem pro Norte hehehe. Comprei até essa farinha de mandioca flocada que se consome junto com o açaí, a mala veio cheia de comida hahaha. Abraços!

  2. filha da terra do açaí says

    Desculpa, mais isso não é milkshek. A palavra milkshek se chama a sim porque leva leite. E sua receita nem leite leva. No Rio de janeiro muita gente faz essa mistura açaí com banana ou com guaraná. É apenas o “tal” do açaí que vende nas ruas aqui, inclusive é baratinho, não é no valor de um milkshek, milkshek geralmente é vendidos a 6 reais para mais, é esse açaí que você faz , no qual é vendido aqui , é vendido no valor de 3,50 para mais dependendo do ml que vc compra. Sou paraense, é óbvio que vc não iria gosta do suco, pois não é o mesmo açaí que vende em Belém e em Manaus, lá é a poupa pura, no supermercado do sul e sudeste do Brasil é açaí só água, tem mais água que açaí. Eu mesmo peço para familiares trazer a polpa para mim de Belém quando eles vem me visita no Rio, o daqui é uma porcaria, “disque” a pedra é 6 reais, logo desconfiei do preço, é muito barato, se né em Belém e Manaus que é a terra do açaí é vendido a esse preço, é mais caro que isso, além disso existe no mercado daqui apurador de açaí. Eles apuram o açaí vendido em pedra tem mais água que açaí. Palavras da filha da terra do açaí.

    • André says

      Oi! Sim, na teoria eu não poderia chamar de milkshake porque não leva leite de vaca. Mas chamei assim porque é consumido do mesmo jeito que milkshake e tem consistência parecida. Agora, 2 anos depois de eu ter feito este post, eu já cheguei a experimente o açaí puro, com pouquíssima água em Belém. É bem diferente mesmo. A polpa congelada trazida pro sul e sudeste é com muita água mesmo, para render, é bem líquida. Uma pena. Obrigado pelas informações 😉 Abraços!

  3. Livia says

    Adorei o blog e a receita, tava procurando uma receita alternativa (faço a paleo e não quero colocar nem xarope nem acúcar) e vou trocar o doce pelo morango 😀
    Só um adendo, o açaí puro tem poucas calorias…. cada 100g contém cerca de 65 calorias! O que engorda ele (e nós depois kkkkk) e a quantidade de coisas que colocam nele.
    Por isso sempre compro a polpa de um quilo numa distribuidora, bato em casa e evito enchê-lo de agentes engordativos. No reino vegetal nada tem mais ferro que o açaí, excelente para a anemia! Por isso o morango: além de delicioso a vitamina C ajuda o corpo a absorver mais ferro ainda 😀

    • André says

      Oi Livia! Fico feliz em saber que tenha gostado do blog e da receita 😀 Que legal que você segue a paleo. Deve ficar ótimo com morango! Verdade, as adições de ingredientes é que tornam o açaí “gordinho”. Não sabia que o açaí tem tanto ferro assim. É uma ótima ideia adicionar morango por causa da vitamina C. Obrigado pelas informações 😉 Abraços!

  4. Wilson says

    Essa polpa é um insulto ao verdadeiro açai amigo. Ela não tem gosto de açai, dica dé amazonense você ainda não experimentou o verdadeiro açai puro

    • André says

      Oi Wilson! Pois é, concordo com você. Já estive em Manaus, mas só experimentei o sorvete de açaí. Puro e fresco deve delicioso. Abraços!

  5. Elis Teles says

    To amando tudo isso aqui!!Oque pensa sobre a utilização do açúcar demerara? Ele é mais saudável que o mascavo??

    • Oi Elis! Que bom que esteja gostando 😉 Eu também indico utilizar o açúcar demerara, o mascavo é um pouco mais saudável, mas o demerara também é bom. Você pode utilizar nessa receita sem problemas. Abraços!

  6. Priscila Oliveira says

    Meu Deus,eu amo açaí,desde que me tornei vegana nunca mais tomei vitamina de açaí!

    • Oi Priscila! Mesmo sendo vegana da pra adaptar um monte de receitas que você consumia antes, e essa vitamina é uma delas. Espero que goste 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *